26 de novembro, de 2020 | 14:51

Bombeiros são treinados para atuação em ocorrências no período chuvoso

Divulgação
Treinamento dos bombeiros militares do Vale do Aço abrange diversas modalidades de atendimento à população em caso de desastresTreinamento dos bombeiros militares do Vale do Aço abrange diversas modalidades de atendimento à população em caso de desastres

No período entre 25 a 27 de novembro de 2020, militares do 11º Batalhão de Bombeiros Militar de Ipatinga, participam do treinamento de preparação para atuação em ocorrências do período chuvoso. O curso é ministrado pela Companhia de Busca e Salvamento (CBS) e realizado na sede, em Governador Valadares.

Em Minas Gerais o período vai de outubro a abril e é caracterizado por chuva significativa. É a chamada “Estação Chuvosa” que ocorre com pico de intensidade entre dezembro e janeiro.

“Essa chuva é causada pela passagem de frentes frias pelo litoral da região Sudeste do país. Em algumas ocasiões, a atuação desses sistemas pode provocar volumes significativos de chuvas, fortes rajadas de vento causando transtornos à população, como queda de árvores, danificação da rede elétrica e alagamentos”, informa o CBMMG.

A partir do mês de outubro, o aquecimento diurno também favorece a ocorrência de pancadas de chuvas no fim da tarde. As regiões dos Territórios do Caparaó, Vale do Aço e Vale do Rio Doce apresentam os maiores volumes de chuva e demandam o trabalho dos bombeiros.

“Inundações, deslizamentos de terra, desabamentos, soterramentos, alagamentos são os problemas mais frequentes na estação chuvosa e o Corpo de Bombeiros Militar pretende apoiar mais efetivamente os municípios de forma atuar com eficiência durante os desastres relacionados às precipitações hídricas”, detalha a nota.

O treinamento que é realizado essa semana abrange técnicas de atendimentos de variadas demandas por parte dos municípios e da população. O Batalhão de Emergências Ambientais e Resposta à Desastres (Bemad) é a unidade especializada responsável pelos atendimentos de ocorrências de alta complexidade envolvendo ações de busca e salvamento, produtos perigosos, incêndios florestais e utilização de cães nos diversos tipos de ocorrências no CBMMG.


MAIS FOTOS

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário