25 de novembro, de 2020 | 15:50

Programa Alô Minas sofre atraso com a pandemia

Divulgação
Programa estadual visa ampliar a rede de telefonia móvel para distritos e localidades em Minas GeraisPrograma estadual visa ampliar a rede de telefonia móvel para distritos e localidades em Minas Gerais

Em março deste ano, o Governo de Minas lançou o edital para que municípios aderissem ao programa Alô Minas, de ampliação de rede de telefonia móvel para distritos e localidades em todo o Estado. O programa criado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e apoiado pela Secretaria de Estado de Fazenda (SEF), no entanto, está em atraso. Segundo informações repassadas ao deputado estadual Celinho Sinttrocel (PCdoB) pela Seplag, nenhuma empresa de telefonia encaminhou proposta para a Seleção Pública do Programa Alô Minas.

“A secretaria informou ainda que a justificativa para a não adesão foi devido às circunstâncias econômicas em função da pandemia e outros compromissos já assumidos para o ano de 2020. As operadoras ainda sugeriram que um novo certame seja realizado em momento oportuno de cenário econômico mais estável”, informou o parlamentar.

O deputado esclarece que a Seplag irá reavaliar as condições estabelecidas no Edital e preparar uma nova Seleção Pública em momento oportuno. Para ele, é lamentável, mas compreensível o atraso diante do quadro atual de crise sanitária do país. “Vamos continuar cobrando esse compromisso do Governo de Minas, pois nosso mandato teve participação ativa na construção das listas de municípios a serem contemplados nesta fase do programa, indicando 23 cidades que necessitam da ampliação do serviço de telefonia e internet móvel”, afirmou Celinho.

Os municípios citados pelo parlamentar são: Antônio Dias; Açucena; Alvinópolis; Araçuaí; Bertópolis; Caeté; Carlos Chagas; Conceição de Ipanema; Conceição do Mato Dentro; Francisco Sá; Ipaba; Jaguaraçu; Marliéria; Nanuque; Poté; Raul Soares; Rubelita; Santana do Paraíso;

Santana do Deserto; São João do Manteninha; São José do Goiabal; Serra dos Aymorés e Tarumirim.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário