20 de novembro, de 2020 | 08:23

Homem é preso por importunação sexual, em Santana do Paraíso

Google

Horas depois de ser denunciado por uma jovem na rua Clarisse Lispector, no bairro Cidade Nova, em Santana do Paraíso, foi preso na noite de quinta-feira (19) um homem de 47 anos. Ele é acusado de importunação sexual contra uma moradora de 22 anos na parte da manhã do mesmo dia. O detido pela Polícia Militar teria se despido e passou a se masturbar perante a vítima.

O caso aconteceu, segundo a jovem, por volta das 10h, no momento quando ela caminhava pela rua. A vítima relatou à PM que sempre um homem negro, com cerca de 50 anos de idade, ficava lhe observando. Contudo, nesta quinta-feira, ele abriu o portão e saiu sem roupa indo na direção dela se masturbando.

A jovem saiu correndo e buscou acionar a polícia para relatar o ocorrido. A equipe foi até a tal casa, onde estaria estacionado um Fiat Uno, mas nem o suspeito e nem o carro estavam no imóvel. Os policiais conseguiram a informação do nome do suposto autor, que realmente havia saído no veículo antes da chegada da PM.

Uma outra equipe policial esteve na casa, na parte da tarde, mas continuava sem ninguém no local. Porém, por volta das 21h, uma viatura da PM ao passar pela rua viu que tinha pessoas no imóvel. Os policiais contataram os moradores e uma mulher atendeu os militares, vindo a chamar o marido em seguida.

O suspeito, G.O., de 47 anos, ao ficar sabendo da denúncia, alegou que não lembrava do fato e entrou em contradições sobre o que fazia na hora que a jovem alegou ter sido alvo da importunação sexual. O morador alega que não mexeu ou fez qualquer coisa com alguém, porém a vítima reconheceu G., inclusive ficando aflita ao ver o suspeito. Diante da situação, ele foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil por suspeita de ato obsceno em via pública.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário