19 de novembro, de 2020 | 14:57

Pré-Black Friday movimenta comércio da região

Empresários adiantaram suas ações promocionais para evitar aglomerações e garantir a segurança dos consumidores

Emmanuel Franco
Lojas estão com as vitrines decoradas e oferecem promoções para quem quer pagar pouco e garantir boas compras Lojas estão com as vitrines decoradas e oferecem promoções para quem quer pagar pouco e garantir boas compras

Aguardada com ansiedade por consumidores de toda a região, a Black Friday será realizada no próximo 27 de novembro, sexta-feira, dia em que produtos ganharão generosos descontos em boa parte das lojas de Ipatinga, Coronel Fabriciano e Timóteo. No entanto, conforme levantamento feito pelo Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Bens e Serviços (Sindcomércio) do Vale do Aço, as empresas não só já estão com decoração temática para a data especial como também anteciparam promoções para quem quer pagar pouco e garantir boas compras.

“A pandemia nos impôs um cenário diferente em 2020: muitos empresários adiantaram suas ações promocionais da Black Friday para evitar aglomerações e garantir a segurança dos consumidores”, observa o presidente da entidade patronal, José Maria Facundes. Também segundo ele, nos próximos dias estarão mais movimentados, sobretudo, os segmentos de roupas, calçados, móveis e eletrodomésticos, além de lojas de eletroeletrônicos, perfumaria e cosméticos.

“Estamos em um mês de promoções, que estarão mais acentuadas na semana que vem. O que notamos é que muita gente, principalmente aquelas pessoas mais seguras e que não abrem mão de pagar menos, farão compras nesta Black Friday para já garantir o presente de Natal para o ente querido. Então, a data será um importante termômetro para o Natal”, revela.

Lojas

Mair Coelho, gerente da Dominante For Men, loja de roupas masculinas situada no Centro de Ipatinga (avenida 28 de Abril), acredita que o fluxo de clientes aumentará consideravelmente nos próximos dias. “Na nossa pré-Black Friday você compra dois produtos e ganha o terceiro. Toda a loja está em promoção, mas a gente destaca a camisaria: polos e blusas de manga longa tendem a ter boa saída nesta época. Estamos bastante otimistas”, comenta.

Já Miria Fernandes da Cunha é gerente na Ômega, uma distribuidora de produtos evangélicos também situada na av. 28 de Abril. “A Black Friday é uma data bastante esperada por todos. Quem vier à loja vai conseguir descontos que podem ultrapassar 50%, seja em bíblias de estudo, ternos, sapatos ou toda a moda feminina”, explica. Além dos investimentos na vitrine, Miria afirma que a maioria das publicações nas mídias sociais da empresa estão voltadas para a data especial.

Dicas

De acordo com o Sindcomércio, as ações que envolvem a Black Friday devem ser planejadas, pois o comerciante não deve estipular descontos aleatórios. É preciso analisar custos, margens e artigos com maior e menor procura. A entidade esclarece que a data também é muito importante para que o empresário faça girar seu estoque, deixando para o Natal somente as novidades e lançamentos.

O Sindcomércio repudia a prática de “maquiar” descontos e reforça que as ofertas que não sejam verdadeiras só mancharão a reputação da empresa. “A Black Friday surgiu nos Estados Unidos e, no Brasil, tem sido uma ótima oportunidade para alavancar as vendas fora de períodos que tradicionalmente já são bons para o comércio, como Dia das Mães e Natal. Então, a nossa orientação é escolher um item de alto valor agregado ou muito desejado, abaixando consideravelmente o seu preço. E será este produto que chamará atenção para a loja”, analisa Facundes.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário