19 de novembro, de 2020 | 14:27

Morre Tideza, o Papai Noel de Marliéria

Reprodução de vídeo
Dismar Duarte Araújo, o Tideza, fazia entrega de presentes no Natal de Marliéria havia 33 anos Dismar Duarte Araújo, o Tideza, fazia entrega de presentes no Natal de Marliéria havia 33 anos

Aos 87 anos morreu nessa quinta-feira (19), no Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga, Dismar Duarte Araújo, o Tideza, que anualmente fazia a alegria pelas ruas da cidade de Marliéria, na véspera do Natal, quando, vestido de Papai Noel saía a distribuir presentes para as crianças.

Tideza era uma figura folclórica em Marliéria e ganhou fama nacional por ter sido escolhido pelo programa Caldeirão do Huck, no quadro Lata Velha. O apresentador esteve em Marliéria em novembro de 2010 e surpreendeu Tideza oferecendo a reforma na velha VW Brasília branca, que ele usava para entregar os presentes no Natal, atividade que ele desenvolvia há 33 anos.

O corpo de Tideza foi sepultado na tarde dessa quinta-feira no cemitério Recanto da Paz, no Bela Vista, em Timóteo. Como a causa da morte foi atribuida às complicações provocadas pela covid-19, não houve velório.

Em uma entrevista que concedeu em 2012, o marlierense conta que começou entregando lembrancinhas andando a pé pela cidade. Depois, comprou um VW Fusca e posteriormente a Brasília 1976.

A reforma, proporcionada a partir de uma correspondência enviada a Luciano Huck projetou o nome de Tideza, mas o que mais lhe importava era a entrega de presentes às crianças, no Natal em Marliéria: “Pra mim não existe alegria maior do que ver o sorriso dessas crianças”, contou.

Hermes Quintão/Arquivo DA
Em novembro de 2010, a Brasília 76, foi transformada no Carro do Papai Noel de Marliéria, a partir de uma ação do quadro Lata Velha, do programa Caldeirão do Huck Em novembro de 2010, a Brasília 76, foi transformada no Carro do Papai Noel de Marliéria, a partir de uma ação do quadro Lata Velha, do programa Caldeirão do Huck


Hermes Quintão/Arquivo DA
Apresentador esteve em Marléria para a entrega da Brasília reformada no fim de 2010Apresentador esteve em Marléria para a entrega da Brasília reformada no fim de 2010
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Menina Moça

20 de novembro, 2020 | 01:39

“Esta maldita doença está acabando com as pessoas boas.”

Nivan

19 de novembro, 2020 | 16:32

“Vai deixar saudades. Homem de coração bom.”

Envie seu Comentário