18 de novembro, de 2020 | 10:00

Bombeiro aponta cuidados ao frequentar rios, cachoeiras e lagos

Arquivo pessoal
Jean Moulaz destacou que em caso de ingerir bebida alcóolica, é preciso evitar entrar na água Jean Moulaz destacou que em caso de ingerir bebida alcóolica, é preciso evitar entrar na água

Em época de calor intenso, muitas pessoas costumam nadar em rios, cachoeiras e lagoas para se refrescarem e amenizar o desconforto causado pelas altas temperaturas. No entanto, é preciso tomar certos cuidados para evitar tragédias nesses locais que podem apresentar riscos aos banhistas, que vão, desde acidentes com animais silvestres até afogamentos.

Na tarde desta terça-feira (17), a Estação Meteorológica do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG), em Ipatinga, chegou a registrou uma temperatura de 34,62 graus, e a umidade relativa do ar atingiu 44,1%.

Conforme o tenente do 11º Batalhão de Bombeiros de Ipatinga, Jean Moulaz, nessa época de calor intenso, as pessoas tendem a frequentar com mais frequência rios e cachoeiras. “Nesse sentido, é necessário que as pessoas tomem certos cuidados para evitar acidades e até mesmo, os afogamentos”, afirmou.

Cuidados

O tenente Jean também listou os cuidados que os banhistas precisam ter ao entrar na água. “Não nade após ingerir bebidas alcóolicas; não nade logo após as refeições; se não sabe nadar, evite locais profundos; não deixe crianças sozinhas em rios e cachoeiras, elas devem sempre estar acompanhas de um adulto e usando colete salva-vidas”, ressaltou.

Cachoeiras

Em caso de cachoeiras, o tenente Jean destacou que é preciso ter uma atenção maior, além de evitar saltar de lugares altos, principalmente, se não conhecer o local. “Os banhistas devem tomar cuidado com pedras escorregadias nas cachoeiras para se evitar as quedas e, consequentemente, um ferimento, e em caso de emergência, ligue para o número 193 e chame o Corpo de Bombeiros”, pontuou.

Verão

Falta cerca de um mês para chegar a estação mais quente do ano, que é o verão, marcado pelo aumento das temperaturas. No Brasil, o verão tem início em 21 de dezembro e acaba em 21 de março do ano seguinte. Essa estação também é caracterizada pelos dias mais longos do que as noites e pela rápida evaporação da água acumulada nos solos. Isso pode provocar chuvas constantes em algumas regiões.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário