18 de novembro, de 2020 | 09:00

Galo e Furacão fazem jogo adiado do Campeonato Brasileiro

Bruno Cantini
Sampaoli foi diagnosticado com covid-19 e não estará à beira do campoSampaoli foi diagnosticado com covid-19 e não estará à beira do campo

Durante mais da metade do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, a colocação do Atlético na tabela sempre era divulgada com a seguinte ressalva: o clube tem um jogo adiado contra o Athletico-PR. Agora, finalmente, esta partida válida pela sexta rodada será paga pelos dois atléticos nesta quarta-feira (18), às 19h, no Mineirão. O duelo que deveria ter sido disputado em agosto precisou ser adiado porque o Galo iria jogar a final do Campeonato Mineiro contra o Tombense naquele período.

Vencer o Furacão é essencial não apenas para o alvinegro creditar os três pontos que eram imaginados ao longo da competição, mas também para abrir vantagem na liderança. Em caso de triunfo, o Galo iria para 41 pontos, cinco a mais que o vice Internacional. Além disso, o Atlético também igualaria o número de jogos do Colorado: 21. Neste caso, quem ainda poderia apanhar os times do topo é o São Paulo, atual terceiro colocado com 36 pontos; o tricolor, porém, tem três jogos adiados para cumprir no Brasileirão.

Enquanto o Galo tenta disparar na liderança, o Furacão precisa da vitória para sair da zona de rebaixamento. O Athletico-PR é o 17º colocado com 22 pontos.

Desfalques

Para a partida de hoje, o Galo ainda tem os desfalques de Savarino e Junior Alonso, que defendem as seleções da Venezuela e Paraguai nas Eliminatórias da Copa do Mundo. O lateral-esquerdo Mariano também não é opção no banco por causa de uma lesão.

Quem também está servindo à sua seleção é o equatoriano Alan Franco. Ele, porém, foi diagnosticado com covid-19 e precisou se desligar da seleção, fazendo isolamento em seu país natal. Uma volta para o Brasil agora só irá ocorrer quando ele testar negativo para a doença. Franco está assintomático e, por causa do tempo de quarentena, deverá ficar de fora do confronto com o Ceará, no próximo domingo (22).

Outro que não poderá ser opção para o Galo nem no banco de reservas é o meia-atacante Sávio. Ele testou positivo para a covid-19 enquanto servia à seleção brasileira sub-17. Sávio está em Belo Horizonte cumprindo quarentena.

Surto de covid-19

A covid pegou não apenas quem estava fora da Cidade do Galo, mas também quem trabalha em terras mineiras. Na segunda-feira (16), o clube confirmou um surto da doença, com 15 infectados. Entre as pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus estão o zagueiro Gabriel e o técnico Jorge Sampaoli, além de seis integrantes de sua comissão técnica. O diretor de comunicação do Atlético, Domênico Bhering, também testou positivo.

O Atlético ainda não informou quem vai comandar o Galo à beira do campo do Mineirão, nesta quarta-feira, já que toda a comissão técnica precisará fazer quarentena.

Por causa do surto, o clube realizou nova bateria de testes na terça-feira (17).

Escalação

Apesar das muitas baixas, Sampaoli poderá escalar o mesmo time que venceu o Corinthians de virada no fim de semana. Isso porque o clube garantiu que o lateral-esquerdo Arana, que serviu à seleção brasileira ontem, no Uruguai, estará disponível para jogar em Belo Horizonte nesta quarta-feira. O time escalado deve ser Everson; Guga, Réver, Igor Rabello e Guilherme Arana; Allan, Jair e Zaracho (Nathan); Vargas, Keno e Eduardo Sasha.

Enquanto o Galo conta desfalques, o Athletico-PR chega ao Mineirão com o time completo. O técnico Paulo Autuori deve escalar Santos; Erick, Thiago Heleno, Pedro Henrique e Abner; Wellington, Christian e Léo Cittadini; Nikão, Carlos Eduardo e Renato Kayzer.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário