15 de novembro, de 2020 | 22:40

Bruno Morato é eleito prefeito em Santana do Paraíso

Divulgação
(Bruna Lage - Repórter do Diário do Aço)
O prefeito eleito de Santana do Paraíso, Bruno Morato (Avante), antecipou ao Diário do Aço algumas de suas ações à frente da administração municipal, quando tomar posse em janeiro de 2021. Oriundo da área de segurança, o delegado da Polícia Civil assegurou medidas contra a corrupção no poder público municipal e se disse surpreso com o carinho com que foi recebido nas ruas durante sua campanha. Morato, que está licenciado há quatro meses, retorna ao trabalho nesta segunda-feira (16) e, no início do ano que vem, pedirá nova licença do posto.

Sobre o período em que esteve nas ruas, Bruno Morato classificou sua campanha como surpreendente e, ao mesmo tempo, emocionante. “Eu fiquei impressionado com a adesão das famílias, das crianças e das pessoas da terceira idade. Nós fomos muito prestigiados por elas. Quanto ao planejamento da campanha, ele foi mudando com o passar do tempo, para se adequar às necessidades e à realidade que a gente encontrava. E o principal objetivo foi alcançado, que é a vitória”, avaliou.

Morato disputou a eleição pela primeira vez nesse ano e classificou a falta de recursos como o principal desafio. “Por outro lado, o que faltou de recurso sobrou de emoção, porque as pessoas encamparam a causa e viram que era uma grande oportunidade para mudar a cidade. E isso fez toda a diferença. A lição disso é que, mais importante do que ter dinheiro para fazer campanha, é o candidato falar sinceramente e conquistar o coração das pessoas. Isso fez a diferença”, pontuou.

Novidade

Bruno Morato surgiu como uma novidade para os eleitores de Santana do Paraíso e garantiu que sua caminhada foi autêntica, sem trair seus princípios e valores, não fazendo falsas promessas. “A sinceridade com a qual nós conversamos com as pessoas fez os eleitores perceberem que só a nossa candidatura teria condições de refletir na prática esse sentimento de mudança e de levar a cidade para outro caminho, o que já era visível na população”, reiterou.

Primeiros atos

Questionado sobre os primeiros atos de sua gestão, Bruno Morato adiantou que irá afastar todas as pessoas que estão envolvidas ou suspeitas em algum episódio de corrupção. “Porque isso foi um compromisso desde o início. Também vamos auditar as contas do município, para saber onde estão os grandes gargalos da cidade, para saber em que área Santana do Paraíso está perdendo recurso”, antecipou.

Além disso, o prefeito eleito pretende implantar uma nova filosofia, que é profissionalizar a gestão municipal, com o objetivo de alcançar os melhores resultados. “Me refiro especialmente aos serviços públicos. Eu quero que o cidadão de Santana do Paraíso seja atendido como ele é atendido quando ele vai ao banco, a um hotel ou a qualquer outro estabelecimento privado. E que de fato possamos melhorar a saúde, a educação, as vias e a limpeza pública da cidade, que ainda é muito deficiente. Ou seja, nosso projeto pretende mudar a vida das pessoas”, vislumbrou.

Agradecimento

Por fim, Morato deixa uma mensagem de agradecimento à população. “Estou há pouco tempo em Santana do Paraíso, mas isso foi menos importante do que a honestidade, a sinceridade e a relação de confiança que a gente conseguiu estabelecer com a sociedade. Portanto, da mesma forma que fizemos um trabalho muito sólido e sério na segurança pública, vamos fazer também na Prefeitura de Santana do Paraíso, de forma que o mesmo orgulho e a confiança que a população tem hoje nas nossas propostas, eu quero que ela tenha daqui a quatro anos”, concluiu.

Resultado da votação em Santana do Paraíso

Na apuração oficial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Bruno Morato (Avante) obteve 8.025 votos (50,76%), seguido de Luzia de Melo, do MDB, com 4.328 (27,38%), depois Cláudia Lage (PSD) com 2.959 (18,72%), Professor Anézio (PT) obteve 319 votos (2,02%) e Edinei Moreira (DC), com 179 votos (1,13%). Os votos brancos foram 502 (2,93%) e os nulos 821 (4,79%).
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Paulo

22 de novembro, 2020 | 13:55

“Antigamente o povo de cidade pequena gostava de votar, em coronel, médico e agora com a onda bolsonarista o militar. Se tiver um DR no nome eles sentam o dedo da urna. A politica se tornou a arte de enriquecer um grupo e empobrecer o resto da população. E assim caminha a humanidade.”

Envie seu Comentário