26 de outubro, de 2020 | 14:47

Homem é assassinado a tiros dentro de horta em Porteira Grande

Polícia investiga versão que aponta para a possibilidade de um crime com motivação passional

Com atualização de dados às 20h40
A polícia investiga um homicídio praticado no povoado de Porteira Grande, em Antônio dias, no começo da tarde dessa segunda-feira (26). A vítima foi o produtor rural Eduardo Francisco de Sá, de 49 anos, completados em 30 de agosto passado, conforme verificou a reportagem do Diário do Aço.

Duas pessoas presenciaram o crime. Uma das testemunhas informou que Eduardo tinha acabado de chegar do almoço quando apareceu no local, Eliseu Martins Procópio, afirmando que iria “acertar as contas que tinha com Eduardo”.

Nesse momento, a vítima determinou que a testemunha e o filho, menor de idade, saíssem e fossem pulverizar uma plantação.

Assim que começaram a se afastar as duas testemunhas ouviram alguns disparos de arma de fogo e viram Eduardo correr e cair ao solo. Elizeu foi visto saindo em uma motocicleta cor preta.

Outras pessoas estavam nas proximidades e confirmaram a versão das duas testemunhas ouvidas inicialmente pelos policiais militares que foram atender à ocorrência.

A perícia da Polícia Civil constatou quatros perfurações provocadas por disparos de arma de fogo, além de um corte na cabeça da vítima.

Até a noite dessa segunda-feira, o acusado do crime não tinha sido encontrado. Uma das versões ainda em investigação aponta que o crime pode ter motivação passional, por causa de um possível envolvimento da vítima com uma mulher casada. Também pesa contra a vítima a acusação de envolvimento com um homicídio praticado há alguns anos.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário