19 de outubro, de 2020 | 12:03

Flausino e Sideral cantam Cazuza

Semana terá bate-papo com parceiros e contação de histórias para a 3ª Idade

Na próxima sexta-feira (25), às 20h, o palco virtual do Instituto Usiminas vai receber os irmãos Rogério Flausino e Wilson Sideral em uma live especial da Série Espetáculo de Música, transmitida ao vivo direto de Belo Horizonte com acesso gratuito nos canais youtube.com/usiminasoficial e facebook.com/institutousiminas.

Celebrando 35 anos de amor à música, Rogério Flausino, vocalista da banda Jota Quest, e Wilson Sideral, cantor, compositor, guitarrista e produtor musical, vão reverenciar a vida e a obra do cantor e poeta Cazuza neste show.

Divulgação/ACS CCU
Os irmãos músicos mineiros Rogério Flausino e Wilson SideralOs irmãos músicos mineiros Rogério Flausino e Wilson Sideral
“Este feliz reencontro visa propagar ainda mais a música e a poesia de Cazuza, fundamentais na formação de uma geração”, explica Flausino. “É coisa de fã, de irmão, de amor mesmo! Nossos destinos foram traçados na maternidade”, acrescenta Sideral.

Os mineiros Flausino e Sideral incluem no repertório do show as canções mais marcantes da carreira de Cazuza, como "Beth Balanço", "Porque Que a Gente é Assim", “O Tempo Não Para”, "Pro Dia Nascer Feliz", “Codinome Beija-Flor”; “Blues da Piedade” e “Solidão, Que Nada”; “Exagerado”, “O Nosso Amor a Gente Inventa” e outros sucessos.

A dupla também vai interpretar a canção inédita "Não Reclamo (Essas Canções de Amor)”, poema de Cazuza transformado em música por Sideral especialmente para o projeto. O show "Flausino e Sideral cantam Cazuza" foi lançado em 2016 e já passou por diversas capitais brasileiras.

Divulgação/ACS CCU
Salette Olguin estará no Conversa Conectada desta terça-feiraSalette Olguin estará no Conversa Conectada desta terça-feira
Programação
Nesta terça-feira (20), a realizadora do projeto “Centro de Referência em Dança do Vale do Aço”, Salette Olguin, vai participar do bate-papo ao vivo no Conversa Conectada do Instituto Usiminas. A filha da bailarina Zélia Olguin vai falar sobre a iniciativa que, há décadas, leva o balé de forma gratuita para crianças da rede pública de ensino.

E na quarta-feira (21), as histórias dos irmãos Carmelinda e Zé Antônio estarão de volta em “Histórias e Modas de Viola”, no Instagram e Facebook do Instituto Usiminas.

Divulgação/ACS CCU
Canções sertanejas de raiz e histórias baseadas em Adélia PradoCanções sertanejas de raiz e histórias baseadas em Adélia Prado
Apresentado pelo DaMa Espaço Cultural, a atração é parte do Em Casa Com o Instituto Usiminas - Arte para Terceira Idade, e traz histórias inspiradas na obra da poetisa divinopolitana Adélia Prado, embaladas por canções sertanejas de raiz.

As atrações virtuais realizadas pelo Instituto Usiminas têm o patrocínio da Usiminas, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário