18 de outubro, de 2020 | 14:50

Fogo, fumaça e barulho na área da usina de Ipatinga

Usiminas esclarece que se trata de uma operação especial e controlada, que está sendo monitorada

Fotos: Alex Ferreira
Incêndio na torre do alto-forno 1 da Usiminas deixou moradores de  Ipatinga preocupados na tarde desse domingo Incêndio na torre do alto-forno 1 da Usiminas deixou moradores de Ipatinga preocupados na tarde desse domingo

Uma grande quantidade de fumaça foi percebida na área da usina de Ipatinga, na tarde deste domingo (18). Leitores do Diário do Aço relataram ter ouvido barulho nas proximidades, além de fogo no Alto-Forno 1. Um registro feito em uma residência no bairro Parque das Águas mostrou o movimento diferente nas chaminés.

Em nota, a assessoria de Comunicação da Usiminas informou que "na tarde deste domingo, 18 de outubro, durante operação do Alto-Forno 1 da Usina de Ipatinga, foi necessário abrir o bleeder, uma válvula de alívio. A atividade provocou a emissão de ruído e fumaça, percebidos na área externa da usina. O evento foi rapidamente controlado. A Usiminas esclarece que se trata de uma operação especial e controlada, que está sendo monitorada", concluiu.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar foi acionada e compareceu ao local para prestar apoio na ocorrência do incêndio na edificação industrial. Conforme o relatório, não houve registro de vítimas.

Conforme o CBMG, o incêndio foi controlado no primeiro momento pelos brigadistas da própria empresa, mas voltou a surgir. “momento este em que foi prestado apoio por parte do CBMMG”, informou a corporação.





Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Antonio

20 de outubro, 2020 | 18:53

“Sou paulista e trabalhei 18 anos no grupo Belgo-Mineira aqui em SP, peço licença aos meus irmãos mineiros pra dar minha opinião: o sucateamento da indústria não é exclusividade de MG, é uma triste realidade nacional, nosso futuro será criar boi e frango e plantar milho e soja pra abastecer a despensa do primeiro mundo. Quem ainda trabalha numa indústria como a lendária Usiminas erga as mãos p/ o céu, pois num futuro próximo não haverá mais emprego formal, todo mundo vai virar "colaborador" dos Uber e iFood da vida, já que o agronegócio é altamente mecanizado e não gera empregos. O Brasil é Agro, meu povo!”

Ramon Vilas Novas Lucas

20 de outubro, 2020 | 08:31

“Fico na torcida para que a Usiminas a ser aquela empresa boa da época do Rinaldo Campos.”

Pedro

19 de outubro, 2020 | 22:35

“Esse BOZO só dá azar!
Onde ele pisa explode.”

Ramon Vilas Novas Lucas

19 de outubro, 2020 | 15:38

“Eu também não me vejo morando o resto da minha vida aqui.. quero ir para o Litoral e deixa o Marcio continuar a morar perto da Usiminas.. muito infeliz o comentário dele!!”

Juninho

19 de outubro, 2020 | 11:52

“A Usiminas perdeu muita mão de obra especializada de pessoas que não tinha estudo secular, mas tinha experiência e que, apesar do baixo salário, vestia a camisa e resolvia os problemas. Bom seria se retornassem com o que ainda vive para tornar a fazer da Usiminas a empresa que sempre foi destaque no mundo inteiro.”

Sonia Maria da Silva

19 de outubro, 2020 | 11:15

“Pretendo fazer o que o Marcio do primeiro comentário disse, não tá bom para você vai embora, mas eu não vou para a Rocinha não, eu vou se Deus quiser para o litoral, e realmente a Usiminas nasceu primeiro que a cidade de Ipatinga, nós é que somos os intrusos ne Marcio, então minha gente salve se quem puder!”

Sonia Maria da Silva

19 de outubro, 2020 | 11:12

“Pretendo fazer o que o Marcio do primeiro comentário disse, não tá bom para você vai embora, mas eu não vou para a Rocinha não, eu vou se Deus quiser para o litoral, e realmente a Usiminas nasceu primeiro que a cidade de Ipatinga, nós é que somos os intrusos ne Marcio, então minha gente salve se quem puder!”

Cláudio

19 de outubro, 2020 | 09:39

“A Usiminas é um barril de pólvora prestes a explodir.
Tudo o que acontece lá é tratado por sua assessoria de comunicação - e replicado pelos jornais e veículos de imprensa -, como incidente ou ruído.
Explosão é ruído; Acidente - inclusive com mutilações e mortes -, prá eles é incidente.
Tudo para evitar que o preço das ações caia.
Vamos ver até onde vai isso.”

Marcio

19 de outubro, 2020 | 09:01

“A Usiminas nasceu antes da cidade, mora perto dela quem quer.......
Trabalha nela quem quer.......
Tá ruim pra voce, se manda, vai embora da cidade, vá morar na " rocinha" ( RJ), la não tem industria.”

Eduardo

19 de outubro, 2020 | 07:35

“O tempo vai passando e se não houver, mudanças em equipamentos, vão envelhecer se deteriorar e a consequência é o q estamos assistindo: acidentes e problemas operacionais dentro da Usina, a imagen q a Usina está passando é de uma empresa ultrapassada e cheia de problemas Sérios”

Mats

19 de outubro, 2020 | 06:31

“Mimizento... em qlq siderúrgica tem riscos, os funcionários sabem disto qdo buscam trabalhar lá. Morrer vamos todos um dia. Pára de frescura e vai aprender português”

Ramon Vilas Novas Lucas

19 de outubro, 2020 | 00:26

“A Usiminas era uma empresa muito boa na época que era administrada pelo Rinaldo Campos. Depois disso aconteceram muitos acidentes, crise entre acionistas, fechamento da Usiminas mecânica que gerava muito emprego no vale do aço. É realmente uma pena que ela tenha chegado neste patamar.”

Amor Por Ipatinga

19 de outubro, 2020 | 00:06

“Ouvimos o ruído aqui no Bom Retiro... A vizinha que brincava com as crianças na rua aproveitou e soltou logo um: "ouçam o trovão! Hora de entrar pra casa!" - e riu!
Não estou querendo minimizar, mas para quem vive aqui quase a vida toda, já conhecemos os ruídos, a poeira, a fumaça... ninguém se acostuma, é claro! Mas vejo muitas publicações querendo gerar pânico, controvérsias... ou seria Ibope nas redes sociais???”

De Olho na Cidade

18 de outubro, 2020 | 19:25

“INFELIZMENTE NOS MORADORES DA REGIÃO DO VALE DO AÇO ESTAMOS A MERCER DE TANTAS COISAS QUE ULTIMAMENTE VEM ACONTECENDO NA ÁREA DA USIMINAS E NADA PODEMOS FAZER.. SÃO TANTAS REVIDICAÇÕES FEITAS E NADA DE SEGURANÇA ESTAMOS TENDO COM ESSA ADMINISTRAÇÃO DA USIMINAS..VOTLO SEMPRE A DIZER MUITA COBRANÇAS DOS FUNCIONARIOS PODENDO EM RISCO A VIDA DA POPULAÇÃO COM ESTES ACONTECIMENTOS CONSTANTES DENTRO DA ÁREA E COMO SEMPRE A DIREÇÃO TEM UM ÁLIBI PARA SAFAR DO QUE REALMENTE TA ACONTECENDO NO INTERIOR DA EMPRESA.DEUS MESMO TOMANDO CONTA DE NOS.”

Envie seu Comentário