17 de outubro, de 2020 | 19:04

Cem milagres e as notas de Bach

A história da pianista tcheca que sobreviveu a três campos de concentração

A jornalista e ex-correspondente de guerra Wendy Holden acaba de lançar o livro Cem milagres, um testemunho poderoso dos horrores do holocausto e um testamento para as próximas gerações sobre a importância de dar voz a todos aqueles que sofreram nas mãos de governos totalitários.

Divulgação
A cravista Zuzana Ru?icková morreu em 2017, aos 90 anos de idadeA cravista Zuzana Ru?icková morreu em 2017, aos 90 anos de idade
Autora de mais de uma centena de livros, como Os bebês de Auschwitz, Holden escreve nesta obra a história da pianista e cravista Zuzana Ružicková, contada pela própria musicista pouco antes de sua morte, em 2017.

Nascida em 1927 na antiga Tchecoslováquia, Zuzana Ružicková cresceu sonhando com duas coisas: o piano e seu compositor favorito, Johann Sebastian Bach. Mas sua infância tranquila e repleta de música foi destruída quando, em 1939, os nazistas invadiram seu país.

Arrancada de sua casa, ela foi enviada para os campos de concentração de Auschwitz e Neuengamme, perto de Hamburgo, e para Bergen-Belsen. Faminta e com ferimentos nas mãos que punham em risco seu futuro como pianista, Zuzana sofreu uma série de perdas devastadoras.

Divulgação
A jornalista, ex-correspondente de guerra e escritora Wendy HoldenA jornalista, ex-correspondente de guerra e escritora Wendy Holden
Entre cada transferência de um inferno para o próximo, um pedaço de papel com a partitura de sua sinfonia preferida de Bach se tornou uma espécie de talismã.

Munida desta pequena prova de que a beleza ainda pode existir mesmo nos ambientes mais hostis e de sua inesgotável coragem, Zuzana conseguiu sobreviver a uma das maiores atrocidades da história da humanidade e se manteve de pé diante da brutalidade do governo opressor da Tchecoslováquia durante o pós-guerra.

Graças a seu talento e dedicação e incentivada pelo amor do marido, o compositor Viktor Kalabis, Zuzana se tornou uma das musicistas mais premiadas do século XX e a primeira pianista a gravar as obras completas de Bach.

Divulgação
A capa do livro onde Holden registou a história de Zuzana RužickováA capa do livro onde Holden registou a história de Zuzana Ružicková
Sobre as autoras:
- Zuzana Ružicková foi uma famosa pianista tcheca e sobrevivente de três campos de concentração nazistas. Gravou mais de 100 álbuns, apresentou-se no mundo todo com grande sucesso e se tornou uma influente professora na Academia de Artes de Praga, capital da Tchecoslováquia. Zuzana morreu em 2017, aos noventa anos de idade.

- Wendy Holden é autora de mais de cem títulos publicados, muitos deles sobre a vida de mulheres notáveis. Jornalista e ex-correspondente de guerra, é autora de Os bebês de Auschwitz, sobre três mães e seus bebês que sobreviveram ao holocausto, e Minha aventura contra o Alzheimer, em parceria com Chris Graham, publicados pela Globo Livros. Wendy mora em Suffolk, na Inglaterra.

FICHA TÉCNICA:
Cem milagres
Zuzana R?ži?ková com Wendy Holden
352 Páginas: - R$ 49,90
Editora Globo Livros
ISBN: 9786586047196

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário