15 de outubro, de 2020 | 18:00

Justificativa eleitoral poderá ser feita via e-Título

Tiago Araújo
Aplicativo da Justiça Eleitoral será utilizado para evitar aglomerações Aplicativo da Justiça Eleitoral será utilizado para evitar aglomerações


Os eleitores que não puderem votar nas eleições municipais de 2020 poderão contar com o auxílio de um aplicativo para justificar sua ausência. Por meio do e-Título, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) dará a possibilidade de justificativa aos usuários que estiverem fora de seus domicílios eleitorais ou impedidos de votar no dia 15 de novembro.

Uma nova versão do aplicativo deve ser lançada antes da data do pleito, para possibilitar aos cidadãos que justifiquem a ausência no dia da eleição. Uma vez alegada a impossibilidade de acessar o local de votação, o app acionará a função do sistema de georreferenciamento que avalia a distância entre o eleitor e sua praça eleitoral, barrando ou permitindo o processo de acordo com a resposta obtida.

O chefe do cartório eleitoral da 97ª Zona Eleitoral, da comarca de Coronel Fabriciano, Arnaldo Brasileiro, explica que essa foi uma definição recente do TSE, para facilitar a justificativa, em tempos de pandemia da covid-19. “Isso para evitar aglomerações, porque no dia do pleito, essas pessoas que estão fora de seus domicílios deslocam até as seções eleitorais, situação que poderá ser evitada com o uso do e-Título”, vislumbra.

Arnaldo acrescenta que em eleições municipais não é tão comum que os eleitores justifiquem o voto, por participarem mais ativamente do processo democrático. E que essa justificativa costuma ocorrer em até 60 dias após a data da votação, por meio dos cartórios eleitorais. “Sobre o processo de um modo geral, a Justiça Eleitoral está preparada. Teremos ações voltadas para a higiene, controle de distanciamento e horário específico para os idosos votarem. As pessoas podem ficar tranquilas quanto ao trânsito nas seções”, assegura.

Aplicativo/b>
O e-Título funciona como uma alternativa ao título de eleitor impresso, carregando informações sobre a identidade do eleitor, seus dados e local de votação. A plataforma apresenta diversas outras funcionalidades, como a autenticação digital de documentos e geração de certidões de quitação eleitoral. O aplicativo é gratuito, podendo ser encontrando nas lojas virtuais dos aparelhos com sistemas operacionais iOs e Android.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário