15 de outubro, de 2020 | 14:20

No dia dedicado aos professores, é preciso exaltar essa profissão ainda desvalorizada

Com a pandemia do coronavírus, os profissionais da educação precisaram se reinventar

Divulgação
No dia dedicado a eles, é preciso exaltar a importância de um professor na vida de uma pessoa. É ele quem constrói a base de vida estudantil ao transmitir os ensinamentos necessários para o crescimento crítico e educacional dos cidadãosNo dia dedicado a eles, é preciso exaltar a importância de um professor na vida de uma pessoa. É ele quem constrói a base de vida estudantil ao transmitir os ensinamentos necessários para o crescimento crítico e educacional dos cidadãos

Hoje (15/10), é comemorado o dia do profissional que compõe a base educacional das instituições de ensino, o Professor. No dia dedicado a eles, é preciso exaltar a importância de um professor na vida de uma pessoa, não importa a etapa de formação. É ele quem constrói a base de vida estudantil ao transmitir os ensinamentos necessários para o crescimento crítico e educacional dos cidadãos.

“Ser professor é realizar uma missão de orientar e estimular as pessoas na evolução profissional e cidadã. É plantar a semente do conhecimento em cada estudante e a esperança que ela brote com frutos para o mundo”, revela a professora e escritora Antoniella Devanier.

Em tempos de pandemia do coronavírus, os professores precisaram se reinventar. Alguns, já estavam familiarizados com o uso da internet na vida acadêmica; outros tiveram que se adequar à tecnologia para agregar o lado positivo das ferramentas educacionais digitais em suas vidas.

Iniciativa do Educa Mais Brasil, programa de incentivo estudantil, por exemplo, se apresenta como aliada nesse processo. A plataforma Sala dos Professores, lançada pelo programa educacional, conta com um perfil no Instagram, o @saladosprofessores_oficial para promover a troca de experiências entre os profissionais da educação e contribuir para a formação continuada dos professores.

“Estamos criando um espaço místico e colaborativo a favor da educação”, define a professora de Redação Carol Silveira, 30, 12 deles dedicados ao universo educacional. Com a sala dos professores fechadas nos estabelecimentos de ensino, o espaço virtual vem quebrando fronteiras e permitindo um intercâmbio vivências que traz ganhos reais para quem vive o desafio de ensinar diariamente.

“Nasceu para ser uma sala de conhecimento compartilhado. É uma transposição da sala dos professores presencial para o ambiente virtual, para que a gente possa trocar experiências, socializar, compartilhar dicas”, conclui a professora estendendo o convite a quem se interessa pela temática da educação.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário