15 de outubro, de 2020 | 10:43

O contrato histórico de Patrick Mahomes

Reprodução / Twitter
Contrato milionário do astro da NFL, Patrick Mahomes, supera cifras de nomes conhecidos pelos brasileiros no mundo do futebolContrato milionário do astro da NFL, Patrick Mahomes, supera cifras de nomes conhecidos pelos brasileiros no mundo do futebol

A renovação de contrato de Patrick Mahomes, o Jogador Mais Valioso da Liga Nacional de Futebol Americano (MVP da NFL) pode colocá-lo acima de astros como LeBron James para se tornar o jogador mais bem pago da história do esporte.

O negócio supera cifras de nomes conhecidos pelos brasileiros no mundo do futebol como, Neymar, Kylian Mbappé, João Félix, e Philippe Coutinho.

Em sua carreira, Patrick Mahomes fez coisas jamais vistas na NFL. Agora ele faz história fora de campo também. O MVP do último Super Bowl assinou uma renovação de contrato de US$ 450 milhões com o Kansas City Chiefs e os valores superam recordes não apenas na NFL, mas entre todos os esportes, conforme relata o blog da Betway.

A título de comparação, no futebol, em uma das negociações mais caras até agora, o PSG gastou 222 milhões de Euros para tirar Neymar do Barcelona.

O acordo no contrato de Patrick Mahomes começa em 2022 e tem duração de 10 anos. A média é de de US$ 45 milhões por ano e até US$ 503 milhões no total, somando-se cachês por aparições no Super Bowl e prêmios de MVP da NFL.

Tanto em termos de salário quanto na duração, esse acordo é diferente de qualquer outro contrato na história. O recorde anterior de maior contrato da liga era a renovação de Matt Ryan com o Atlanta Falcons em 2018, avaliada em US$ 150 milhões, por cinco anos.

No ano passado, o quarterback do Seattle Seahawks Russell Wilson assinou uma renovação de US$ 140 milhões por quatro anos, que significou o maior salário anual médio na história da NFL.

O novo acordo de Mahomes superou todos os outros contratos, conforme divulga publicado pela Betway, casa de apostas online.

Sua renovação é o segundo contrato da história da NFL com pelo menos dez anos de duração. O primeiro foi o acordo de 10 anos e US$ 130 milhões de Michael Vick com o Atlanta Falcons, assinado em 2005.

Na verdade, é apenas o terceiro contrato na história da liga com mais de seis anos de duração. E não são só jogadores da NFL que Mahomes está ultrapassando em salários.

Supera também o beisebol, que teve muitos contratos gigantes nos últimos anos, mas o maior da história da MLB é o que Mike Trout assinou com o Los Angeles Angels em 2019, equivale a US$ 427 milhões por 12 anos - uma média de US$ 35,5 milhões por temporada.

Quem é

Patrick Mahomes, de 24 anos, tem sido espetacular em apenas duas temporadas completas na NFL. Após um jogo como titular em 2017, seu ano de calouro, ele foi nomeado MVP da liga em 2018 e liderou a liga com 50 passes para touchdown.

Na última temporada, suas atuações heroicas nos playoffs levaram o Kansas City Chiefs a seu primeiro título de Super Bowl em 40 anos.

Mahomes deu um retorno gigante para o contrato de US$ 16,4 milhões que assinou como escolha de primeira rodada no draft de 2017.

Ele ficou no topo do ranking de custo-benefício da NFL da Spotrac - que leva em conta o salário e a performance do jogador - com sua campanha em 2018 e ficou em quinto em custo-benefício entre quarterbacks na última temporada, apesar de não jogar em parte da temporada regular por causa de uma lesão.

Mahomes recebeu US$ 13,72 milhões até agora - uma média de US$ 4,6 milhões por temporada, US$ 443 mil por jogo e US$ 181 mil por touchdown.

Colocando esses números em contexto, Michael Trubisky - que foi selecionado oito posições antes de Mahomes no draft da NFL em 2017 - custou ao Chicago Bears um total de US$ 24,63 milhões. Isso equivale a US$ 8,2 milhões por temporada, US$ 601 mil por jogo e US$ 513 mil por touchdown.

Enquanto Mahomes estiver saudável, uma coisa é certa: ele será muito bem compensado por ser a maior estrela da NFL. E caso siga na progressão de conquistas de campeonatos para os Chiefs, valerá cada centavo.

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário