Cruzeiro e Sampaio Corrêa duelam para sair do Z4

Bruno Haddad


Time celeste precisa vencer para deixar a zona de rebaixamento

Apesar de ter iniciado a Série B do Campeonato Brasileiro com a missão de voltar à elite do futebol, o Cruzeiro se vê, na 14ª rodada, com o objetivo imediato de deixar a zona de rebaixamento da competição. E, nesta quinta-feira (8), às 18h30, no Mineirão, a Raposa vai encarar o modesto Sampaio Corrêa, que também figura no Z4, para tentar deixar a zona da degola.

Ambas as equipes somam 11 pontos na Série B. O Cruzeiro abre a zona de rebaixamento e o time maranhense está uma colocação abaixo, na 18ª posição.

Embora difícil, a missão do Cruzeiro ganhou uma ajuda dos rivais diretos pela luta contra o rebaixamento. Como a partida do time mineiro vai fechar a rodada, o Cruzeiro entra em campo sabendo dos resultados dos rivais, que foram positivos para a Raposa, já que cinco adversários diretos foram derrotados: Brasil de Pelotas (14º), Botafogo-SP (15º), Figueirense (16º), Guarani (19º) e Oeste (20º). Se vencer o Sampaio Corrêa, o Cruzeiro subirá duas posições na tabela.

Para esta partida, o Cruzeiro não poderá contar com o lateral-esquerdo Matheus Pereira, que foi diagnosticado com covid-19. O atleta já cumpre isolamento e também deverá ficar de fora do próximo compromisso, o duelo contra o Oeste, no domingo (11). A vaga deverá ser ocupada por Giovanni.

De volta

Quem está de volta ao clube celeste é o volante Jadson, que estava emprestado ao Bahia e foi devolvido nesta semana. Agora, ele vai cumprir seu contrato, até o fim de 2021, na Toca da Raposa.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO