29 de setembro, de 2020 | 17:18

Morre o cão farejador que ajudou a resgatar humanos em rompimento de barragens

Divulgação CBMMG
Luck foi treinado para ajudar a localizar pessoas em áreas de catástrofes e foi empregado no deslizamento de MarianaLuck foi treinado para ajudar a localizar pessoas em áreas de catástrofes e foi empregado no deslizamento de Mariana

O cão Luck, do Corpo de Bombeiros Militar de Uberaba, morreu na manhã desta terça-feira (29). Segundo informações da corporação, o animal, que atuou durante 10 anos em diversos resgates no estado, já estava aposentado e sofria de linfoma (muito comum em cães idosos e de meia-idade).

Conforme o CBMMG, Luck foi o primeiro cão a iniciar as atividades de busca, resgate e salvamento com cães na cidade de Uberaba. Ele recebeu várias honrarias e teve como destaque seu trabalho localizando vítimas soterradas no rompimento das barragens de Itabirito em 2014, e Marina, em 2015.

Ele foi o cão que mais doou sangue para o Hospital Veterinário de Uberaba e fechou com chave de ouro sua última ocorrência antes da aposentadoria, localizando uma criança de 1 ano e 8 meses no município de Delta.

Recentemente, estava internado com diagnóstico de linfomas pelo corpo. Luck vivia no canil do 8° Batalhão de Bombeiros Militar, em Uberaba. O cão foi enterrado nesta terça-feira à tarde.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário