25 de setembro, de 2020 | 10:00

Ipatinga se adequa para quando retorno das aulas for possível

Alex Ferreira
O protocolo para o retorno das aulas em Ipatinga já está sendo elaborado e analisado por uma comissãoO protocolo para o retorno das aulas em Ipatinga já está sendo elaborado e analisado por uma comissão

Após o anúncio do governo estadual acerca da permissão para retomada das aulas a partir do dia 5 de outubro, nos municípios que estiverem na Onda Verde do Minas Consciente, a administração de Ipatinga informou que já se organiza para quando isso for possível de ocorrer no município. Atualmente, a macrorregião do Vale do Aço, da qual Ipatinga faz parte, se encontra na Onda Amarela do programa estadual.

Em nota enviada ao Diário do Aço, a Secretaria de Educação de Ipatinga ressaltou que ainda não há nenhuma definição de data para o retorno das aulas presenciais na rede municipal de ensino. “No entanto, obviamente por questão de planejamento, o município precisa se preparar para quando isso puder ocorrer. Dentro desse contexto, a Secretaria autorizou, ainda neste mês, o repasse de R$ 5,4 milhões para 45 escolas, a serem aplicados em adequações físicas e estruturais, em atendimento a normas sanitárias, como prevenção à covid-19”.

A nota também informa que são realizadas reuniões da Comissão Interinstitucional composta por representantes de diversos segmentos, como membros de escolas municipais e particulares, da saúde, do Legislativo, colegiado de diretores, do Ministério Público e sindicatos. “O protocolo para o retorno das aulas (quando possível) já está sendo elaborado e analisado pela comissão, para conclusão de um documento orientador”, explicou.

Avaliação

A Secretaria também avalia tanto os dados epidemiológicos quanto as orientações repassadas pelas autoridades de saúde municipal e estadual, as deliberações do programa Minas Consciente – ao qual o município aderiu – e as decisões do Comitê Gestor de Crise de Ipatinga. “A decisão de retomada das aulas presenciais nas escolas e creches municipais e particulares da cidade só ocorrerá quando tais fatores citados se apresentarem favoráveis ao recebimento de alunos, professores, servidores e outros parceiros, de forma segura, em seus ambientes de atividades convencionais”, citou.

Entenda

Na quarta-feira (23), o governo do Estado anunciou, em entrevista à imprensa, que os municípios na Onda Verde do Minas Consciente podem retomar as aulas presenciais no ensino básico (Educação Infantil, Fundamental e Ensino Médio) a partir do dia 5 de outubro. A Secretaria de Estado de Educação já adiantou, na entrevista, que a rede estadual de ensino vai começar seu retorno presencial pelo 3º ano do Ensino Médio, no dia 19 de outubro, sendo que a presença dos alunos não será obrigatória.

Já as cidades que estão na Onda Amarela do Minas Consciente, que são 578, podem retomar o ensino nos níveis de graduação, pós-graduação e cursos livres após a divulgação do protocolo com as diretrizes necessárias para a retomada dessas atividades. Conforme o governo estadual, a expectativa é que esse protocolo seja divulgado na próxima semana.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Sandra Maria de Sá

25 de setembro, 2020 | 23:27

“Meu filho esta cursando o terceiro ano do segundo grau....no colégio manoel izidio no centro de ipatinga...e não autorizo ele retornar as aulas ....”

Envie seu Comentário