22 de setembro, de 2020 | 17:06

Nota falsa de R$ 200 já circula na região

Reprodução
Falsificação grosseira apresenta número sem brilho característico do dinheiro de verdadeFalsificação grosseira apresenta número sem brilho característico do dinheiro de verdade

Lançada oficialmente no dia 2 de setembro, a nova cédula de R$ 200 já é alvo de falsificação. Um caso foi registrado na cidade de Ubaporanga e o outro caso é da cidade de Santa Rita de Minas. Em ambos, as cédulas com fortes indícios de falsificação, de R$ 200, foram apreendidas e encaminhadas para a sede da Polícia Federal, em Governador Valadares.

Segundo a PM, infratores tem aproveitado o momento de entrada no mercado da nova cédula, bem como o desconhecimento por parte em geral da população sobre as suas características, para praticar o crime.

De acordo ainda com a Polícia, nos casos registrados, os infratores têm procurado efetuar pequenas compras no comércio varejista.

A Polícia Militar orienta que as pessoas procurem observar os sinais indicadores das cédulas, principalmente as de duzentos reais, para evitar serem lesadas.

Em casos em que a pessoa receba o dinheiro que apresente características de ser falso, que a pessoa procure observar sinais físicos de quem repassou as notas, além de roupas, veículos e suas placas, bem como rota de fuga e chame a Polícia Militar pelo telefone 190.

A polícia também alerta que uma das estratégias usadas pelos criminosos é usar cédulas de valor mais alto para efetuar pagamento de produtos em lojas ou alimentos em lanchonetes, com somas de menor valor para receber o troco com dinheiro real.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário