Dupla é presa por homicídio em Periquito

Enviada por leitor


Homem de 50 anos foi encontrado assassinado nos fundos de uma casa, em Pedra Corrida, Periquito

O assassinato de Paulo Ferreira Costa, de 50 anos, levou à prisão dois jovens suspeitos de participação no homicídio descoberto na manhã de terça-feira (15) na rua Belgo Mineira, no distrito de Pedra Corrida, em Periquito. I.A.S., de 20, e M.M.D., de 25 anos, foram presos depois da confirmação do crime, cuja vítima foi morta possivelmente com pedradas na cabeça.

O crime foi descoberto por volta das 9h quando uma informação dava conta que havia uma pessoa morta, caída nos fundos do quintal de uma casa. Os militares depararam-se com o cadáver da vítima que apresentava ferimentos na cabeça. Após os trabalhos da perícia da Polícia Civil, o corpo foi removido ao IML de Governador Valadares.

O Diário do Aço apurou junto à Polícia Militar, que uma denúncia entregou quem seriam os autores. Um deles, o I.A., foi avistado em uma bicicleta na área central do distrito. Ele tentou fugir ao notar que seria abordado, mas não conseguiu sucesso no seu intento. O suspeito negou ter participado no crime, mas entrou em contradição e apresentou versões diferentes para tentar convencer os policiais.

I.A. disse que M.M. foi visto na casa da vítima e que ele poderia explicar o que aconteceu. O segundo suspeito, ao ser localizado, também deu várias versões e, depois de negar ter visto Paulo Costa, afirmou que fez um trabalho em uma construção para a vítima, na casa dela.

Apesar da alegação deles, populares revelaram que um dos investigados chegou na tarde de segunda-feira (14), próximo ao campo de futebol, afirmando que havia “matado mais um” e que deixou “o rosto da vítima todo desfigurado”. Os dois ainda foram vistos bebendo em companhia de Paulo Costa. Uma garrafinha de cachaça que segundo testemunhas foi comprada pelo investigado M.M. foi encontrada próxima ao local onde estava caído.

Com as suspeitas sobre o envolvimento dos dois jovens eles detidos e encaminhados para o plantão da Delegacia Regional de Polícia Civil, em Governador Valadares. Os jovens foram atuados em flagrante pelo crime de homicídio e levados para o Sistema Prisional ficando à disposição da Justiça.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO