PM faz balanço positivo da Operação Coalizão pela Vida

Foram sete dias de ações da Polícia Militar na área do batalhão de Coronel Fabriciano

Divulgação Polícia Militar


O tenente-coronel Warley Geraldo comemorou os números obtidos durante a operação

Os sete dias da Operação Coalização pela Vida, desencadeada na área territorial do 58º Batalhão da Polícia Militar (BPM), foram considerados positivos. É a avaliação do comando da unidade fabricianense da PM em um balanço divulgado na segunda-feira (14) para a imprensa. 13 armas de fogo, dezenas de porções de maconha, cocaína e crack foram apreendidas com quase 40 pessoas presas.

A Operação Coalizão pela Vida iniciou-se no último dia 8, com seu lançamento na cidade sede do 58º BPM, em Coronel Fabriciano, contudo, abrangeu os outros quatro municípios da área territorial do batalhão. Operação teve como objetivo o enfrentamento à criminalidade violenta, de maneira específica, o crime de homicídio.

Os policiais de Fabriciano contaram com reforço de equipes do Batalhão Rotam (Rondas Táticas Metropolitanas), de Belo Horizonte, além das companhias de Polícia Militar Rodoviária e do Meio Ambiente, e ainda de uma aeronave da 5ª Brave do Comave (Comando de Aviação do Estado) da Polícia Militar.

Em sete dias, uma média diária de emprego operacional de 108 policiais militares e 27 viaturas policiais nas ações policiais. Na segunda-feira, o comandante do 58º BPM, tenente-coronel Warley Geraldo Silva, participou de uma coletiva de imprensa, e avaliou como excelentes resultados obtidos pela Operação “Coalizão pela Vida”.

O oficial afirmou que a operação gerou frutos relevantes para a sociedade. Foram 13 armas de fogo, 168 pinos de cocaína, mais de 100 buchas de maconha apreendidas. Além de cumprimento de nove mandados de busca e apreensão, resultando na prisão de três pessoas que estavam com prisões decretadas anteriormente pela Justiça e 36 pessoas presas em flagrante por crimes relacionados a tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, dentre outros ilícitos.

Os PMs registraram também o número expressivo de 63 alvos prioritários, indivíduos contumazes na prática criminal que, foram visitados pelas equipes, sendo alguns presos em situação de flagrância no cometimento de crimes.

O tenente-coronel Warley ainda mencionou quanto ao importante e fundamental papel social, a distribuição de cestas básicas para famílias carentes de algumas regiões das cidades de Coronel Fabriciano e Timóteo. Ao final da entrevista, destacou a sinergia da Polícia Militar com os demais órgãos que compõem o Sistema de Defesa Social. Não deixando de agradecer e destacar cada policial militar que participou da Operação.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO