Ajudante morre em acidente com bicicleta na BR-458

Colisão aconteceu no trevo próximo à ponte metálica sobre o rio Doce, na noite de segunda-feira

Enviada por leitor


Acidente aconteceu em local sem iluminação e com bicicleta sem sinais luminosos para trafegar à noite

Um trabalhador que retornava para casa após o dia de trabalho morreu atropelado no trevo da BR-458, no entroncamento com a MG-759. O acidente foi registrado por volta de 20h de segunda-feira (14), no KM 139, proximidades da Ponte Metálica sobre o rio Doce.

Conforme dados da Polícia Militar Rodoviária, envolveram-se no acidente uma bicicleta cargueira, que era conduzida por Argentil Caetano de Medeiros, de 55 anos e um Ford Fiesta, conduzido por João Ferreira dos Santos, de 45 anos.

Uma equipe do SAMU chegou a comparecer ao local, mas já não havia mais o que fazer e foi constatado o óbito do condutor da bicicleta.

O motorista do carro, João Ferreira, informou que seguia sentido a Ipaba, quando ao se aproximar do trevo que dá acesso à MG-759, baixou a luz do farol para cruzar com um veículo que seguia no sentido contrário.

Quando acionou o farol alto deparou-se com uma bicicleta na pista de rolamento logo a frente de seu veículo. Disse que freou e desviou para a esquerda tentando evitar uma colisão, mas não obteve êxito e atingiu a bicicleta com o ciclista. Em seguida parou logo à frente e acionou o socorro.

O acidente aconteceu em frente a casa de Argentil, à margem direita da BR-458. O local não possui iluminação e também a bicicleta de carga não possuía sinais luminosos para trafegar à noite.

A mulher da vítima disse que o marido, ajudante, saiu cedo para trabalhar no bairro Ilha do Rio Doce, e no momento do acidente, retornava para casa.

Como o trecho do acidente pertence à Caratinga, o corpo foi removido para o Instituto Médico-Legal de Caratinga após os trabalhos da Perícia da Polícia Civil, que veio da cidade vizinha.


Condutor do Fiesta informou que trafegava sentido a Ipaba quando deparou-se com bicicleta e não conseguiu evitar colisão

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Boa Noite 15 de setembro, 2020 | 11:04
eta país complicado,além do sofrimento da perda do ente querido.
A família terá que se mover até Caratinga quase 100 km.
Sendo que em Ipatinga tem todos os recursos .
Burocracias que afetam até no desenvolvimento do país.
TEMOS QUE ANDAR PRA FRENTE
REBANHO DE POLÍTICOS INCOPETENTES.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO