Obedecer é melhor do que sacrificar

Rêgi Santos *

Percebemos nas pessoas, desde a mais tenra idade uma enorme dificuldade em obedecer. Observamos nas crianças que elas fazem pirraça, manha e tudo o que podem para não seguirem as regras dos adultos, fazem na verdade o que queriam desde o início, a sua própria vontade.

Foi essa vontade que levou o homem, no caso a mulher, Eva, a desobedecer a uma ordem simples dada por Deus, que foi de não comer a tal fruta, a fruta da árvore do conhecimento do bem e do mal.

Então, esse ato de desobediência de querer apenas experimentar e fazer a sua própria vontade trouxe a todos, inclusive a você, consequências que vivemos até hoje. Já nascemos com essa predisposição à desobediência arraigada em nós. É a natureza humana provinda dessa desobediência de Eva e também de Adão, lá no Jardim do Éden. Milênios se passaram e o homem que ainda insiste em fazer tudo à sua maneira, continua com o ciclo da desobediência, e tudo o que colhe de seus atos então, são as más consequências. Na tentativa de “segurar” ou amenizar esses impulsos, temos inúmeras regras a serem seguidas. Mas convenhamos, o homem pode até tentar, mas quebra mais regras do que as cumpre.

No antigo testamento foi dado ao homem, no caso, o povo de Israel, por Deus por meio do profeta Moisés, os 10 mandamentos, na tentativa de criar vínculos de relacionamento entre Deus e o homem que na verdade nunca ocorreu. Em vez de se relacionarem com Deus, eles preferiram ouvir da boca de Moisés o que Deus queria e a falta dessa intimidade os levou a viver por regras e eles não obtiveram êxito.

Deus enviou o seu filho Jesus para morrer em nosso lugar na Cruz para que não fôssemos condenados ao inferno, para que nossa dívida do pecado fosse paga. Ele derramou seu precioso sangue na Cruz para pagar a dívida que seria impagável aos padrões humanos, aquela dívida que herdamos de Adão e Eva. Somente Jesus, que veio para cumprir a lei (aquela dos 10 mandamentos) não para anulá-la o fez, para que hoje pudéssemos viver por princípios e não por regras.

Porém, insistimos em viver por regras. Quem vive por regras não é livre, vive por ordens e diretrizes alheias, sejam elas quais forem, sejam regras de família, de trabalho, da igreja que frequenta, do clube e etc. Entretanto, se você aprender a viver por princípios não precisará se nortear por regras.

Sua vida não será mais pautada por dezenas de “coisas” que não pode fazer, só porque alguém o disse para não fazer, com prerrogativa de sofrer consequências reais; sua vida será direcionada e guiada por um Deus que te ama, que te conhece e que quer o melhor para você.

Obedecê-lo e fazer tua vontade, será algo que você fará, não devido a regras humanas, por medo de consequências ou oposição e sim, por amor, amor por aquele que te salvou e que tem um propósito específico para sua vida. Não viva a base de sacrifícios ou de regras excessivas, que buscam apenas manter uma visão hipócrita de uma minoria, mas sim por uma obediência genuína, que causará mudança profunda em seu coração e que serão visíveis em você, como seus pensamentos, suas atitudes, em todo seu comportamento e em sua forma de se relacionar com os outros. Na verdade, o que Cristo quer é que haja uma mudança de dentro para fora, no seu interior e não apenas o seu exterior.

Deus não está preocupado apenas com seu jeito, claro que suas roupas devem expressar o tesouro que você carrega dentro de você, mas, mais do que mudar ou ditar o tamanho ou formato de suas roupas, do seu cabelo ou cor de suas unhas, relacionar-se com Ele e obedecê-lo de todo coração é o que Ele realmente deseja e não te manipular com regras superficiais.

Mesmo sendo mais fácil nos “alistarmos” em determinados grupos e seguirmos suas regras, seu intuito é que seu gênio, ou seja, seu comportamento e suas atitudes como falta de amor ao próximo, falta de perdão, fofoca, maledicência, falta de tempo dedicado à oração e meditação na Palavra entre outros, sejam transformados. Entretanto, tem se tornado mais conveniente seguir regras impostas por outros, e se manter no estereótipo de uma classe especifica, o que é mais fácil, cômodo e plausível, do que de fato pagar o preço de ter um relacionamento com Ele, que quer nos tratar de forma individual e personalizada, embora não nos exima da obediência aos seus princípios.
Se sua vida tem sido pautada por regras que te oprimem e nublam sua visão, invista a partir de hoje seu tempo em obedecer e verdadeiramente se relacionar com o Pai, pois somente dessa forma você ouvirá direto da fonte sobre como agir, viver e manter uma vida de santidade.

Aprenda a viver pelos princípios estabelecidos por Cristo na Bíblia e não por regras humanas, impostas a você por um grupo que cresceu doutrinado de forma velada a crer que pessoas são mediadoras entre elas e Deus. Quebre esse ciclo e tenha comunhão com Ele. Cristo espera por você e tudo o que você precisa é ouvi-lo e obedecê-lo. Porque sem dúvida, obedecer é muito melhor do que sacrificar.

* Casada, mãe de duas filhas, cristã, fonoaudióloga há 12 anos e também escritora, forma que uso para levar até as pessoas meu propósito, que é fazer com que Cristo seja conhecido por meio do que falo e também do que escrevo, sejam eles textos, crônicas, ebooks e etc
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Valdirene Candido Rodrigues Arantes 12 de setembro, 2020 | 17:17
Texto top e atual. Deus abençoe a escritora que Deus continue falando ao seu coração para nos transmitir mensagens deste nível.
Sirleyva Braz 12 de setembro, 2020 | 10:34
Parabéns a autora, que mensagem edificante sobre uma das maiores virtudes e mandamentos ordenados por Deus! Cada dia mais entusiasmada com as publicações.
Lucélia Cândida Almeida 12 de setembro, 2020 | 10:27
Esse lindo texto nos leva a refletir sobre a importância de buscarmos intimidade com Deus. Quando conseguimos nos aproximar Dele, conseguimos ouvir a sua voz e asim fazer a sua vontade que é o melhor pra nós. Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus.
Ildeu Medeiros 12 de setembro, 2020 | 09:55
QUERO DEIXAR MEUS SINCEROS AGRADECIMENTOS A AUTORA DESTA MENSAGEM TÃO INSPIRADORA.
UMA MENSAGEM DE VIDA QUE REFLETE O QUERER DE DEUS EM NOSSAS VIDAS. UM DEUS QUE NOS AMA INCONDICIONALMENTE NOS ATRAINDO ATRAVÉS DE SEU GRANDE AMOR E MISERICORDIA.
UM DEUS QUE NOS ENSINA CONFORME A MENSAGEM A NÃO NOS PRENDERMOS EM NÓS MESMOS , MAS NAQUILO QUE APRENDEMOS ATRAVÉS DE SEUS ENSINAMENTOS DE GRAÇA E AMOR.
Tião Aranha 11 de setembro, 2020 | 17:26
Ninguém é dono da verdade. Quem ama obedece. Moisés subiu ao topo da montanha porque a visão de quem está em cima é bem melhor do que de quem está em baixo. (Nietzsche). Se toda liberdade humana é limitada, então o homem nunca terá a liberdade perfeita. À medida que o tempo passa cada pessoa se torna doutor naquilo que faz. Vale pra qualquer um. O maior desafio é que cada pessoa tem um indivíduo ativo dentro de si, e outro fora de si; daí, manter os dois em equilíbrio e não deixá-los brigar - não é tarefa fácil. Brincadeira. Sem ironia, mas, teve um cara na História que era tão louco que morreu pregado numa cruz. - Será que ele era mesmo normal? Alguém hoje morre pra salvar seu semelhante? Eu não.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO