Famílias mineiras em situação de pobreza receberão valor médio de R$ 117

Gil Leonardi/Imprensa MG


Decreto assinado pelo governador assegura benefício às famílias em situação de extrema pobreza, ou seja, aquelas cuja renda per capita mensal do grupo familiar é de até R$ 89.

O programa lançado pelo governador Romeu Zema no fim de semana, batizado de Renda Minas, vai atender famílias em extrema pobreza com renda per capita de até R$ 89 mensais, com o repasse médio de R$ 117, por família. Serão três parcelas do benefício.

O programa de transferência de renda direto e temporário do governo estadual servirá como um complemento à ajuda emergencial da União, que foi estendida até dezembro, no valor de R$ 300.

Impacto

O Renda Minas chegará a 977 mil famílias, dos 853 municípios mineiros, incluindo famílias de povos e comunidades tradicionais cadastrados no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal). No total serão repassados cerca de R$ 346 milhões, o que dá uma média de R$ 117 por família, a cada mês.

Repasse aos municípios

O governador anunciou ainda a ampliação do repasse aos fundos de assistência social dos municípios. Serão direcionados R$ 22 milhões para reduzir os impactos sofridos pela população mineira em decorrência da pandemia, especialmente de famílias que estão em situação de vulnerabilidade social.

Todos os 853 municípios serão contemplados com valores equivalentes a 5 parcelas a mais do Piso Mineiro, que é calculado de acordo com o número de famílias incluídas no CadÚnico, multiplicado por R$ 2,20.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Partido Novo 12 de setembro, 2020 | 13:28
Parabéns ao governador ZEMA e ao partido novo, enquanto muitos governadores não estão fazendo nada ele esta conseguindo gerir esse momento de crise.
Natal 12 de setembro, 2020 | 08:13
.... esses governantes nao cansam de pisar no pobre mesmo.
.... R$.39 de ajuda .
....ainda vem dizer que é ajuda . Só o auxílio moradia dos deputados , é um pouco mais que isso.
.... haja paciência....!!!!
Pronto Falei 12 de setembro, 2020 | 06:38
Nossa parabéns ao nosso governador 39 reais não dá nem pra comprar 2 sacolas de arroz esse cara só pode ser doido
Silva Ferreira 12 de setembro, 2020 | 00:51
Espero ter lido errado. R$ 39,00 ??? Fala sério. Se for pra ajudar; ajuda de verdade governo...
Anti17 12 de setembro, 2020 | 00:16
Não dá nem pra comprar arroz!!!
Boa Noite 11 de setembro, 2020 | 19:38
Nossa dá até pra comprar um carro é muita grana 39 conto no bolso todo mês.....
Guina Dez 11 de setembro, 2020 | 19:04
Que arrependimento ter votado nesse sujeito. Poxa vida, 39 reais? Só o erros tá + de 20! E esses deputados estaduais? Como dizia o Boris: "isso é uma vergonha".
Maria Aparecida Ferreira 11 de setembro, 2020 | 18:52
Tenho dois netos e um filha em casa nos duas desempregadas

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO