Tigre faz primeiro treino coletivo no Ipatingão após retomada do futebol

Yago Cardoso


Jogadores treinaram no Ipatingão visando à reestreia no Módulo B, dia 10 de outubro

Com a volta do Módulo B do Campeonato Mineiro marcada para o dia 10 de outubro, depois de uma paralisação que teve início em março, o Ipatinga Futebol Clube iniciou neste mês as preparações para encarar o Democrata de Sete Lagoas, em casa. Os trabalhos foram retomados no Centro de Treinamentos, no bairro Cariru, e na tarde de quinta-feira (10) a equipe realizou seu primeiro treino coletivo no estádio Ipatingão.

Em entrevista ao Diário do Aço, o treinador José Ângelo, o Preca, falou sobre a volta do futebol, a condição física dos jogadores e do nível técnico da competição.

Durante a paralisação, muitas incertezas rondaram o mundo do futebol, até mesmo o receio de cancelamento das competições (o que chegou a acontecer no Campeonato Francês). José Ângelo, porém, disse sempre ter acreditado que as competições voltariam. “A gente acredita porque o futebol tem que ser decidido dentro de campo, não adianta a gente ficar achando que seria decidido fora dele”, falou o treinador, que chegou ao Ipatinga somente 12 dias antes da Federação Mineira de Futebol (FMF) decretar a paralisação do Módulo B. “Agora vamos ter um tempo maior para lidar com essa equipe. As perspectivas são ótimas”.

Dos 26 jogadores que integram o elenco do Tigre, 13 chegaram na retomada do Módulo B, são eles: Tom e Talys (zagueiros); Alberto (lateral); Marquinhos, Tufy Pina e Wandinho (meias); Núbio Flávio, Paulo Rangel, Marlon, Fernandinho e Lukinhas (atacantes). Os atletas que iniciaram a competição e voltaram ao clube são: Paulo Vitor, Alexandre Azizi e Ramon (goleiros); Zé Leandro e Lucas Sérgio (zagueiros); Marquinhos (Bento), Tchô e Vicente (meias); Vitinho e Marcus Vinícius (atacantes).

Apesar do longo tempo sem jogar futebol, o treinador contou que os atletas tentaram manter a forma física em casa. “Nós mudamos um pouco nosso grupo de jogadores, mas sempre a nossa direção e nosso preparador físico estavam em contato com eles, porque os treinos eram mais físicos. E os que voltaram procuraram se cuidar e se apresentaram com um nível físico até bom”, contou José Ângelo.

Sobre voltar a trabalhar em meio a uma pandemia, o treinador destacou os cuidados tomados pelo clube. “Nós temos os protocolos todos sendo usados no Centro de Treinamentos. Tanto que até a imprensa tem restrições no CT. Ordem é para ser cumprida. Procuramos seguir todos os protocolos todos os dias e graças a Deus estamos com o CT muito bem cuidado”, assegurou.

Yago Cardoso


O treinador José Ângelo acredita que o nível do módulo B será melhor a partir de agora
Expectativa

A um mês da reestreia, o treinador espera que o tempo seja suficiente para deixar a equipe pronta. “Assim como todas as outras equipes, estamos nos preparando. Precisamos ser conscientes e ter envolvimento, ter confiança de um com o outro (jogadores e comissão técnica) para levar para dentro do campo e ter rendimento satisfatório”, apontou José Ângelo.

Com a chegada de muitos atletas, o treinador contou que ainda não há um time definido. “Estamos na montagem de uma equipe, hoje fizemos nosso primeiro coletivo. Agora começamos a estudar as características dos jogadores para encontrar aquele perfil que casa um com o outro para que possamos ter uma equipe coesa no dia 10”.

Apesar do longo tempo sem entrar em campo, o treinador do Ipatinga acredita que o nível técnico do Módulo B será melhor a partir de agora.

“O Democrata está procurando novas contratações, como nós também. Acho que todas as equipes vêm com uma qualidade técnica maior do que foi no início do campeonato, porque todas estão usando jogadores que estiveram na primeira divisão. O nível técnico vai crescer”, apontou o treinador.


Tigre faz primeiro treino coletivo no Ipatingão após retomada do futebol
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO