Armas e drogas apreendidas em Fabriciano

Divulgação Polícia Militar


Os objetos apreendidos pelos PMs durante a verificação da denúncia

Três pessoas suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas foram presas durante a Operação Coalizão Pela Vida desencadeada pelo 58º Batalhão da Polícia Militar. Em um local indicado em uma denúncia anônima na rua V17, no bairro Sylvio Pereira II, em Coronel Fabriciano, os policiais conseguiram apreender armas, munição e drogas com os detidos durante a verificação de denúncia anônima na noite de quarta-feira (9).

Os policiais militares receberam a informação que T.S.C., de 26 anos, foi visto exibindo armas de fogo e escondia drogas em um lote nos fundos da casa onde mora. O denunciado foi localizado pelos PMs, suspeito que confirmou que tinha dois revólveres, um de calibre 38 e outro de calibre 32, porém havia vendido as armas.

T.S. teria revelado que, com o dinheiro arrecadado na venda comprou um rifle calibre 38 por R$ 6 mil, pois estava ameaçado por traficantes e queria um armamento com maior poder de fogo. Ele revelou ter escondido a arma diante das operações na cidade com o apoio de equipes do Batalhão Rotam, de Belo Horizonte.

Um amigo de T.S., o L.M.C, de 27 anos, guardou a arma na casa dele a pedido do denunciado. Os policiais conseguiram encontrar L.M., que ao notar a aproximação das equipes da PM, conseguiu arremessar um objeto no lote vizinho, mas a ação dele foi vista pelos militares.

L.M. foi informado que os PMs já sabiam da arma guardada na casa dele. Ele não teve outra alternativa senão confessar a tentativa de ludibriar os policiais e tentou se livrar do flagrante. O rifle foi recolhido pelos policiais militares.

Ao atender os militares foi explicado a denúncia que pesava sobre ele e também que havia visto ele arremessar algo na casa vizinha, o homem afirmou que havia arremessado a arma de fogo deixada na casa dele, que foi recolhida.

Barra de maconha apreendida nos fundos do lote
Sobre a denúncia de existência de drogas nos fundos do lote onde mora T.S., os policiais verificaram o terreno e encontraram uma barra de maconha. Assim que o denunciado ficou sabendo da localização da droga, ele indicou outro local, no bairro Morada do Vale, onde haveria drogas acreditando que seria solto.

Os policiais foram ao local indicado e abordaram J.W.C., de 35 anos, que tentou fugir em uma motocicleta ao notar a aproximação das viaturas da PM. As buscas na casa dele resultaram na apreensão de duas balanças de precisão, três porções de cocaína, faca, sacolinhas plásticas e um caderno com a contabilidade do tráfico de drogas ilícitas.

Um revólver de calibre 38 foi encontrado na casa da mãe de J.W., arma que foi recolhida. A moto dele também apreendida e removida ao pátio credenciado pelo Detran. Os três detidos na operação foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil com o material ilícito apreendido.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Fala Serio 10 de setembro, 2020 | 19:43
Faz operacao no Bairro Amaro Lanari tambem,la é conhecido como bairro de granfino,por isso que a operacao nao vai la.
Gabriel o Pensador 10 de setembro, 2020 | 16:12
além de ir preso entregou o comparsa, esses são os bandidos que tem no vale do aço . se apertarque eles peidam.
Tem criminoso de fabri coordenando de betim, gaeco no rabo deles
e fogo nos mulambos

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO