Cruzeiro volta à zona de rebaixamento da Série B

Bruno Haddad


Uma vitória na sexta-feira pode tirar o time do Z4

No momento da demissão de Enderson Moreira do comando do Cruzeiro, na tarde de terça-feira (8), o clube ocupava a 16ª posição na tabela da Série B do Brasileirão. Porém, na mesma noite, o empate sem gols entre Figueirense e Cuiabá jogou o clube celeste de volta à zona de rebaixamento. O empate fez o Figueira somar seis pontos e subir para a 16ª colocação, o Cruzeiro abre o Z4 com 5 pontos.

Com isso, o novo treinador, Ney Franco, vai estrear na sexta-feira (11), contra o Vitória, em casa, amargando a zona de rebaixamento. Porém, um triunfo pode tirar o time dessa posição incômoda, sem depender de outros resultados.
O momento, porém, não é bom, já que o time está a seis jogos consecutivos sem vencer. Cinco confrontos pela Série B e um pela Copa do Brasil, que culminou com a eliminação celeste.

Apesar de ter três vitórias na Série B, duas delas serviram apenas para zerar os seis pontos negativos impostos pela Fifa, como punição por uma dívida pelo empréstimo de Denilson.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO