Vigilância Sanitária Estadual desconsidera denúncias de irregularidades em Ipatinga

Em auditoria, órgão estadual considera infundadas alegações de irregularidades no enfrentamento ao novo coronavírus no município

Divulgação


No mês de agosto, uma equipe da Superintendência Regional de Saúde esteve no Hospital Municipal para realizar uma auditoria

A Vigilância Sanitária da Superintendência Regional de Saúde, órgão ligado ao Estado, encaminhou à Administração de Ipatinga, na semana passada, um relatório dando conta de que não encontrou nenhuma irregularidade nos procedimentos e tampouco qualquer erro de conduta nas medidas adotadas pelo município no enfrentamento à covid-19. O documento foi enviado ao Ministério Público Estadual, que solicitou averiguação, via Vigilância Sanitária.

O ofício responde representação que foi apresentada à instituição com alegações de que o município de Ipatinga teria agido com negligência, imperícia e imprudência no trato da não proliferação do coronavírus, no interior das suas unidades de saúde e hospitalares.

No mês de agosto, uma equipe da Superintendência Regional de Saúde esteve no Hospital Municipal para realizar uma auditoria.

Entre outras coisas, a Vigilância analisou os prontuários de alguns pacientes que vieram a óbito em decorrência da covid-19; verificou o controle e estoque de Equipamentos de Proteção Individual (EPI); a higienização dos espaços hospitalares; sinalização dos ambientes; protocolos para isolamento de pacientes, e a capacitação de profissionais para o enfrentamento da pandemia. Em contraposição a todas as denúncias citadas, o município recebeu parecer favorável da Vigilância Sanitária.

Outra acusação que também foi averiguada pelo órgão foi a de que os leitos de UTI Covid-19 supostamente não estariam devidamente equipados. “Não procede a denúncia de que os respiradores adquiridos através do pregão realizado em 17 de junho não chegaram aos leitos do Hospital Municipal”, concluiu a auditoria.

Para a secretária municipal de Saúde, Érica Dias, o resultado da apuração demonstra, entre outras coisas, “a seriedade da Administração no enfrentamento da doença”. Ela acrescentou: “Ipatinga tem sido uma referência no combate a essa terrível pandemia. Temos utilizado de forma responsável todos os recursos destinados ao município. A equipe técnica do município criou diversos protocolos de enfrentamento à doença, todos baseados em orientações do Ministério da Saúde”, enfatizou.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO