Mais de 200 mil pessoas se recuperaram da covid-19 em Minas

Divulgação


Os casos recuperados referem-se a casos confirmados da doença que receberam alta hospitalar e/ou cumpriram isolamento domiciliar de 14 dias sem apresentar intercorrências

Minas Gerais registra mais de 200 mil pessoas recuperadas da covid-19. O dado foi apontado pelo secretário de Estado de Saúde, o médico Carlos Eduardo Amaral, durante coletiva de imprensa sobre os desdobramentos da pandemia no estado, realizada nesta terça-feira (8).

“Minas Gerais soma 200.301 casos recuperados e isso mostra que nós já temos uma quantidade significativa de pessoas que passaram pela doença e tiveram uma boa evolução. Além disso, esse número reforça ainda mais a necessidade de nos cuidar e nos proteger para evitar o aumento no número de contaminados no estado”, destacou Amaral.

Os ‘casos recuperados de covid-19’ referem-se a casos confirmados da doença que receberam alta hospitalar e/ou cumpriram isolamento domiciliar de 14 dias sem apresentar intercorrências.

O secretário também falou sobre possíveis casos de reinfecção, situação que já vem sendo monitorada em Minas Gerais a partir de protocolo publicado pelo Governo do Estado na última semana.

Isolamento

Outro assunto abordado por Amaral foi a taxa de isolamento, que tem se mantido entre 39% e 41% no estado. “No início, quando orientamos a população sobre o isolamento, o que efetivamente podíamos fazer era pedir que as pessoas ficassem em casa. Naquele momento, não havia ainda um hábito da sociedade em relação à lavagem das mãos, uso das máscaras e distanciamento que nós vemos hoje”, afirmou Carlos Eduardo Amaral.

Ainda segundo o secretário, a taxa de isolamento social no estado somada aos protocolos de higiene e prevenção indicam que o comportamento seguro adotado pela população tem colaborado para o controle da pandemia.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO