Enderson Moreira é demitido do Cruzeiro

Ney Franco deve assumir o comando do time

Bruno Haddad


Treinador não resistiu a uma sequência ruim no Brasileirão, além da eliminação na Copa do Brasil

Depois de uma péssima sequência na Série B do Campeonato Brasileiro, dois empates e três derrotas, e da eliminação na Copa do Brasil, o técnico Enderson Moreira não resistiu no cargo e foi demitido do Cruzeiro nesta terça-feira (8).

A gota d’água foi o empate com o CRB, na noite de segunda-feira (7). A Raposa vencia até que, no fim do jogo, uma trapalhada da defesa culminou com o gol de empate do time alagoano, mesma equipe que eliminou o Cruzeiro da Copa do Brasil.

Enderson chegou ao Cruzeiro em março, para substituir Adilson Batista. Ele comandou a equipe em 12 partidas, com seis vitórias, três empates e três derrotas. Agora, até a contratação de um novo técnico, Rogério Micale, treinador da equipe sub-20, assumirá interinamente a equipe.

O próximo compromisso da Raposa será na sexta-feira (11), às 21h30, conta o Vitória, no Mineirão.

Os nomes ventilados para substituir Enderson Moreira são Dorival Júnior (recentemente demitido do Athletico-PR), Roger Machado (ex-Bahia) e Ney Franco (ex-Goiás)

O favorito, porém, seria Ney Franco, que já trabalhou nas categorias de base do clube. Além disso, Ney tem experiência positiva na Série B, já que em 2010 ele conseguiu subir com o Coritiba e em 2018 conseguiu subir com o Goiás.

No fim da tarde desta terça-feira, a Rádio Itatiaia noticiou que Ney Franco desembarcaria em Belo Horizonte nesta quarta-feira para acertar os detalhes do contrato e ser anunciado como novo técnico.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO