Fugitivo de penitenciária rouba moto em Fabriciano e morre em acidente na LMG-759

Wellington Fred + reprodução


José Júnio perdeu o controle da motocicleta, bateu em defensa metálica e morreu

O fugitivo de uma penitenciária em Juiz de Fora, na Zona da Mata Mineira, morreu ao se acidentar com uma motocicleta no fim da noite de segunda-feira (31) no Km 13 da LMG-759, próximo ao distrito de Revés do Belém, em Bom Jesus do Galho. A vítima, que não portava documentos de identificação, pilotava uma Yamaha Fazer 250 de cor preta tomada de assalto, cerca de três horas antes do acidente, em Coronel Fabriciano. O fato foi noticiado na manhã dessa terça-feira, pelo Diário do Aço.

Por volta das 23h40, a Polícia Militar Rodoviária (PRv) foi acionada para atender um acidente fatal na rodovia estadual, próximo à ponte do Ribeirão do Boi. No local a vítima e a motocicleta estavam caídas dentro da canaleta à margem da rodovia. Também foram verificados danos na defensa metálica da estrada. Possivelmente o condutor perdeu o controle da moto e bateu na proteção.

O local do acidente foi isolado para o trabalho da perícia da Polícia Civil. Enquanto medidas de praxe eram tomadas, os policiais militares verificaram que a moto Yamaha Fazer havia sido roubada em Coronel Fabriciano naquela mesma noite. O corpo foi removido para o Instituto Médico-Legal (IML) de Caratinga e moto encaminhada ao pátio
credenciado pelo Detran.

Os policiais militares rodoviários verificaram que o homem morto no acidente não tinha qualquer documento que o identificasse. Os PMs de Revés do Belém foram ao local para tentar identificar o morto, mas também não reconheceram como sendo de algum morador do distrito.

Somente no IML de Caratinga, no fim da manhã desta terça-feira, o condutor foi identificado. José Júnio Alves da Silva, de 33 anos, era natural de Governador Valadares e possui passagens por diversos crimes (contra a vida, furto, roubo e tráfico de drogas), e dado como fugitivo da penitenciária Professor Ariosvaldo Campos Pires, no bairro Linhares, em Juiz de Fora.

A descoberta da fuga de José Júnio ocorreu na noite de 27 de agosto, mas ele pode ter escapado na parte da manhã do mesmo dia. Ele e outro preso foram encaminhados ao parlatório para atendimento jurídico. Não se sabe como eles conseguiram escapar passando por um buraco na tela de proteção que dá acesso à área externa, situação encontrada pelos policiais penais. A fuga está em apuração.

Moto foi roubada no Caladinho

A motocicleta envolvida no acidente havia sido tomada em um assalto na avenida Tancredo Neves, no bairro Caladinho de Cima, em Coronel Fabriciano, por volta das 19h30 de segunda-feira (31). Um jovem de 18 anos, aguardava a esposa fazer compra de remédios em uma drogaria quando foi assaltado por um homem armado com um revólver.

O marginal exigiu que o condutor saísse da moto e entregasse o celular. O assaltante se apoderou da motocicleta e fugiu sem levar o telefone, que não chegou a ser entregue. O criminoso aparentava ter entre 30 e 40 anos de idade, vestia blusa de moletom e calça jeans, características físicas semelhantes à de José Júnio Alves, que morreu ao cair com a moto na LMG-759.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Ssc 03 de setembro, 2020 | 23:47
Obrigado a todos pelo comentários....

Mas infelizmente o preju sobrou pra mim e meu irmão ...tínhamos comprado ela a 2 semanas infelizmente deu pt igual o condutor...
For Ladrao Morre 02 de setembro, 2020 | 15:52
Infelizmente ninguém coloca remorso no velório da fazer 250 yamaha lutou para sobreviver mais infelizmente veio o óbito
Meus pesamos ao dono da moto
Solidario 02 de setembro, 2020 | 14:49
Agora vai roubar com o CRAMUNHAO. Quer moto vai trabalhar p adquirir e nao roubar cidadao de bem.Morreu tarde.Lamento
Sebastião 02 de setembro, 2020 | 10:02
kkkk, justiça foi feita.

Pena do dono da moto, só isso.
Bom Dia 02 de setembro, 2020 | 09:48
Todo castigo pra ladrão é pouco , pior espécie qua ja foi fabricada.
Ze Cumbaca 02 de setembro, 2020 | 00:54
Se fudeu ladrão...tinhoso te aguarda.
Meus sentimentos ao dono da moto que ficou com o trauma e prejuízo.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO