Governo de Fabriciano inicia reforma de mais duas praças e quadras

Divulgação


Serão revitalizadas as praças e quadras dos bairros Santa Cruz (rua Havaí) e Santa Helena (avenida Rubem Siqueira Maia)

Mais dois espaços multiusos da cidade serão reformados pela administração de Coronel Fabriciano. Nesta sexta-feira (14), o prefeito Marcos Vinicius assinou duas novas ordens de serviços para obras nas praças e quadras dos bairros Santa Cruz (rua Havaí) e Santa Helena (avenida Rubem Siqueira Maia). No total, serão investidos R$ 244 mil e as intervenções já iniciam na próxima semana. O prazo de execução estimado é de 90 dias, informou o governo fabricianense.

No Santa Cruz, as melhorias incluem reforma completa da quadra (arquibancada, piso, traves, alambrado e construção de mureta) e da praça (playground, reforma da Academia da Saúde, novos bancos). O investimento só neste espaço é de R$ 179,7 mil, via emenda parlamentar.

Já no espaço multiuso no trevo do bairro Santa Helena sentido Santa Terezinha, as obras contemplam substituição do alambrado e travas, pintura da quadra e revitalização completa da praça no entorno, incluindo novo playground. No local, o investimento é da ordem de R$ 64,4 mil, também assegurados via emenda parlamentar, aponta o governo.

Além dos equipamentos listados, as áreas de lazer e esportes contarão ainda com acessibilidade, lixeiras e iluminação de LED. As obras serão executadas pela empresa Andrade Engenharia, vencedora da licitação. O governo saliente que as obras em curso na cidade dão preferência a profissionais e fornecedores de Fabriciano, como estratégia de geração de emprego e renda para cidade.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO