Romeu Zema recebe 1,6 mil respiradores doados pela indústria mineira

Pedro Gontijo/Imprensa MG


Equipamentos foram fabricados pela empresa Tacom e doados pela Fiemg

O combate à pandemia do coronavírus em Minas Gerais acaba de ganhar reforço. Nesta sexta-feira (14/8), 1,6 mil respiradores fabricados pela empresa mineira de soluções tecnológicas Tacom foram recebidos pelo governador Romeu Zema, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte.

Os equipamentos, doados pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), serão distribuídos a hospitais e municípios, respeitando critérios técnicos da Secretaria de Estado de Saúde (SES) e considerando o diálogo com as prefeituras.

O governador Romeu Zema ressaltou o esforço do governo estadual para equipar os hospitais e garantir atendimento a todos os mineiros. E agradeceu a parceria da iniciativa privada, que tem sido fundamental nesse processo.

“É um número recorde de respiradores, que vão ajudar a fortalecer ainda mais o nosso sistema de Saúde. Desde o início da pandemia, já ampliamos em mais de 1.650 os leitos de UTI em todo o estado. Nosso trabalho, aliado ao trabalho das prefeituras e o apoio do povo mineiro, possibilitou que tivéssemos hoje a menor taxa de óbitos dentre todos os estados brasileiros. E essa contribuição da Fiemg, o apoio das empresas, será fundamental para que esse trabalho continue”, afirmou.

Referência

Ele lembrou, ainda, que, com a homologação dos ventiladores pulmonares produzidos pela Tacom, Minas se torna referência para todo o país.

“A Tacom agora faz com que Minas Gerais produza respiradores que salvarão vidas também em outros estados. Esse produto foi produzido em tempo recorde. Fico satisfeito de estarmos salvando vidas e também criando oportunidades de emprego em um momento de tanta dificuldade para a atividade econômica”, disse.

O presidente da Fiemg, Flávio Roscoe, reforçou o apoio da indústria para fortalecer o sistema de Saúde e reduzir os danos provocados pela covid-19.

“É com muito orgulho que a indústria mineira vem colaborar com o estado de Minas nesse momento tão difícil. No início da pandemia, juntamos um grande número de empresas dispostas a ajudar. Recebemos doações, consertamos mais de 300 respiradores, investimos nesse projeto da Tacom, que conta com a engenhosidade dos mineiros e da indústria local”, explicou.

Inspirar

O equipamento foi idealizado e é produzido pela Inspirar, uma empresa Health Tech idealizada pelos sócios da Tacom para minimizar os impactos no sistema de Saúde gerados pela pandemia da covid-19.

A empresa desenvolveu uma tecnologia inédita para a fabricação dos equipamentos. Os ventiladores pulmonares chegam ao mercado com valores mais acessíveis do que os produtos semelhantes, além de serem mais fáceis de manusear. Desde a homologação da Anvisa, em 3 de agosto, os ventiladores podem ser utilizados e comercializados por hospitais de todo o Brasil.

A diretora administrativa da Tacom, Claudia Tonussi Braga, destacou o esforço da equipe para que os aparelhos fossem viabilizados o quanto antes.

"Agradeço a todos os profissionais e colaboradores que se dedicaram dia e noite durante 90 dias para buscar soluções, resolver problemas e produzir os equipamentos, para que hoje eles pudessem estar aqui. Nosso objetivo é salvar vidas e estamos convictos de que vamos conseguir", afirmou.

Ventilador pulmonar mecânico

O equipamento produzido é o VI-C19 que utiliza dois módulos para fazer a ventilação: o volume controlado (VCV) e o modo pressão controlada (PVC). Ele está apto a ventilar qualquer doente com insuficiência respiratória que necessite do apoio mecânico. O projeto foi desenvolvido por uma equipe multidisciplinar formada por médicos intensivistas, engenheiros, programadores e desenvolvedores.

Alguns pacientes com doenças neuromusculares, como a esclerose lateral amiotrófica (ELA), com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) - que inclui enfisema, bronquite e asma - ou pessoas saudáveis que desenvolveram uma pneumonia ou infecção respiratória, podem usar o VI-C19 em caso de necessidade e ajuda mecânica.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO