Cruzeiro ''paga a conta'' na Série B e já pode pontuar

Bruno Haddad


As duas vitórias no início da Série B zeraram a pontuação da Raposa

Começar a Série B do Campeonato Brasileiro com seis pontos a menos foi somente uma das dificuldades impostas ao Cruzeiro em 2020. Porém, a punição imposta pela Fifa por causa da dívida de R$ 5 milhões da Raposa com o Al Wahda, pelo empréstimo do volante Denilson, em 2016, já ficou para trás com as duas vitórias consecutivas do time no certame.

A Raposa estreou no último sábado (8), no Mineirão, com um triunfo sobre o Botafogo-SP, o que já diminuiu o débito. Nesta terça-feira (11), a outra parte conta foi paga com a vitória sobre o Guarani, fora de casa. A Raposa saiu atrás no placar, mas empatou poucos minutos depois, com Régis. Aos 30 minutos Marcelo Moreno virou nos pênaltis. Na etapa complementar o time da casa empatou o jogo de novo, mas Léo garantiu a vitória azul por 3 x 2.

Após a suada vitória sobre o Guarani, o treinador Enderson Moreira exaltou os esforços do elenco. “É enaltecer o trabalho do adversário e reconhecer aquilo que eles têm executado bem. Mas, ao mesmo tempo, enaltecer a entrega dos atletas e a capacidade de poder, em algumas situações, fechar um pouquinho a marcação para segurar o resultado. Para a gente é muito importante nessa fase a questão de pontuar e computar as vitórias. Degrau a degrau vamos evoluindo em questões táticas que precisam ser aprimoradas. Nunca falamos que estávamos prontos, mas sim preparados. Como equipe, vamos crescer muito na sequência, não tenho dúvidas quanto a isso”, destacou.

Depois de “pagar a conta” da Fifa, agora o Cruzeiro pode finalmente começar a pontuar na Série B. A primeira oportunidade será neste domingo (16), contra o Figueirense, às 16h, no Orlando Scarpelli.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO