Na tela, franceses, travestis e indígenas

Filmes nacionais e estrangeiros são oferecidos no Cinema #EmCasaComSesc

A série Cinema #EmCasaComSesc, do Sesc São Paulo, traz a cada quinta-feira uma programação de filmes em streaming na plataforma Sesc Digital, com curadoria do CineSesc. São longas e curtas-metragens, ficcionais e documentais, com acesso gratuito a qualquer hora do dia para ver e rever quando e onde quiser, e sem necessidade de cadastro.

Divulgação/ACS SescSP


Em Dheepan, refugiados do Sri Lanka tentam se adaptar em Paris
Nesta semana, entra na programação o longa de ficção Dheepan - O Refúgio, de Jacques Audiard. O drama francês, vencedor da Palma de Ouro em Cannes em 2015, narra a história do ex-soldado Dheepan, da jovem Yalini e da pequena Illayaal, que, para fugir da guerra civil no Sri Lanka, se fazem passar por uma família.

Sem dominar o idioma local, eles vão morar em um projeto habitacional nos arredores de Paris. Deephan trabalha como zelador e Yalini como empregada doméstica e, mesmo mal se conhecendo, tentam construir uma vida juntos.

Divulgação/ACS SescSP


Divinas Divas, a primeira geração de artistas travestis no Brasil
Outra estreia da semana é o documentário brasileiro Divinas Divas, de Leandra Leal, que mostra a história das divas que foram ícones da primeira geração de artistas travestis no Brasil, nos anos 1960. Um dos primeiros palcos a abrigar homens vestidos de mulher foi o Teatro Rival, dirigido por Américo Leal, avô da diretora.

O filme revela a intimidade, o talento e as histórias de uma geração que revolucionou o comportamento sexual e desafiou a moral de uma época, com participações de Rogéria, Jane Di Castro, Divina Valéria, Camille K, Fujika de Halliday, Eloína dos Leopardos, Marquesa e Brigitte de Búzios.

Divulgação/ACS SescSP


Trago Comigo: um diretor de teatro que esqueceu os tempos de luta
A partir desta quinta-feira (13), o público também poderá conferir o longa Trago Comigo, de Tata Amaral. Telmo, um diretor de teatro aposentado, foi membro da luta armada durante a ditadura militar e chegou a ser preso por seis meses por conta disso.

Porém, ele não consegue lembrar de nada desse período, além de alguns lapsos momentâneos. Para tentar reativar sua memória e descobrir o que aconteceu, ele decide criar uma peça de teatro. Contando com um jovem elenco de atores, Telmo vai reconstruir a sua própria história.

Divulgação/ACS SescSP


O Homem da Lua não aguentava mais viver sozinho em seu satélite
A animação infantil francesa O Homem da Lua, de Stephan Schesch e Sarah Clara Weber, conta a história de um homem que não aguentava mais viver sozinho em seu satélite. Um dia, ele decide visitar a Terra e descer de carona na cauda de um cometa.

Ao chegar na Terra ele acha tudo maravilhoso, mas logo começa a ter problemas porque é considerado um invasor. Os amigos e as crianças precisam então inventar um plano para salvá-lo.

Na semana passada, o Cinema #EmCasaComSesc inaugurou um novo eixo temático com a exibição de filmes de autoria indígena, entre obras clássicas e contemporâneas realizadas por coletivos e diretores de diversas etnias e regiões do Brasil.

Divulgação/ACS SescSP


A Origem da Alma - Tekowe Nhepyrun, registro da aldeia Yhowy, em Guaíra-PR
Ainda estão em cartaz dois documentários de Alberto Alvares: A Origem da Alma - Tekowe Nhepyrun, com depoimentos dos mais velhos da aldeia Yhowy, Guaíra-PR, compartilhando conhecimentos sobre a origem do modo de ser Guarani, e O Último Sonho, que homenageia o líder espiritual Guarani Wera Mirim - João da Silva, da aldeia Sapukai, de Angra dos Reis-RJ.

Os filmes ficam disponíveis por tempo determinado, com alterações e novas estreias semanais a cada quinta-feira (considerando a semana de cinema de quinta à quarta-feira). Haverá ainda possibilidade de prorrogação da exibição, conforme a demanda do público, além de sessões especiais por períodos menores (como 24h, por exemplo).

SERVIÇO:
Cinema #EmCasaComSesc
Toda semana, a partir de quinta-feira, quatro novos filmes para streaming
sescsp.org.br / cinemaemcasa
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO