Secretário adjunto de Saúde descarta lockdown em Minas Gerais

Reprodução


Marcelo Cabral afirmou que não há indicativo de lockdown para qualquer região de Minas Gerais

O secretário adjunto de Saúde de Minas Gerais, Marcelo Cabral, declarou, em entrevista à imprensa no início da semana, que não há previsão de lockdown (bloqueio total) no Estado. Entretanto, o secretário de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, ressaltou que as medidas preventivas para impedir a propagação do novo coronavírus devem ser respeitadas dentro das cidades mineiras.

Conforme Marcelo Cabral, não há previsão de lockdown em Minas Gerais. “A Secretaria de Saúde e o governo estadual se prepararam desde o começo. Já mencionamos sobre o que fizemos no planejamento e temos tudo isso bem monitorado em relação ao que se refere à pandemia, mas não há indicativo de lockdown para nenhuma região de Minas Gerais”, afirmou o secretário adjunto.

Já o secretário Carlos Eduardo avaliou se com a reabertura econômica em várias cidades do Estado poderia indicar que a pandemia estaria cedendo. “O vírus está circulando, já vimos em vários países do mundo novas ondas. Eu entenderia então que, no contexto da transmissão do vírus, no contexto do distanciamento adequado e no contexto da atuação do Estado, nós estamos conseguindo manter essa pandemia estável, mas não que ela esteja cedendo”, afirmou o secretário de Saúde.

Conforme o boletim epidemiológico de Minas Gerais, divulgado nesta terça-feira (11), o Estado registrou, nas últimas 24 horas, 1.476 casos confirmados de covid e 16 óbitos pela doença. O boletim também aponta que, até o momento, foram registrados 156.551 casos confirmados de covid, dos quais, 125.002 conseguiram se recuperar da doença. Já o número total de óbitos chegou a 3.613.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO