Rosário Negro e o 'Dedo de Deus'

Cantor mineiro rende-se à Deus e mostra toda a qualidade de seu reggae

Rosário Negro, cantor e compositor que tem a música correndo nas veias, acaba de lançar o single autoral “Dedo de Deus” em todas as plataformas digitais e o videoclipe no YouTube. Como ele mesmo diz, Rosário “nasceu em Minas Gerais, foi criado em São Paulo e adotado na Bahia”. O compositor precisou vencer muitos desafios, mas o seu sonho se tornou realidade.

Lívia Bittencourt/Divulgação/Ana Paula Costa


Mineiro, criado em São Paulo e adotado pela Bahia: eis Rosário Negro
Com a canção “Dedo de Deus” ele compartilha que o seu grande propósito é ver as pessoas crendo na fidelidade do Senhor que criou todas as coisas.
A música retrata um momento de transição e libertação do povo hebreu, onde Deus prova sua fidelidade ao cumprir a promessa feita a Abraão, libertando seu povo do cativeiro, para levá-lo para a terra prometida.

“Atravessamos desertos na vida, mas Deus quer nos levar para um lugar de descanso e paz. Deus nos desafia a viver o sobrenatural, e vivemos isso pela fé, nos aproximando d’Ele e andando com Ele. Quando somos próximos do Senhor, é impossível caminhar com Ele sem viver milagres”, diz Rosário.

O videoclipe inspira paz, leveza e suavidade. A natureza exuberante compõe o cenário e lembra que “foi Deus quem fez tudo”. A naturalidade de Rosário Negro surge na música, no estilo, no gingado da melodia e do artista, que não se comprometem com performances prévias.

É como se ele cantasse para Deus em particular e convidasse a todos: “Venham comigo”, razão pela qual o clipe já alcançou cerca de 11 mil visualizações desde o lançamento, em julho.

A produção musical do single ficou a cargo de Edson Filho, com arranjos de Tico Paranhos e Rosário Negro, metais de Val Alencar. Lívia Bittencourt cuidou da direção das imagens. “Dedo de Deus” foi gravado no Estúdio Toca dos Gatos, no Abaeté, Salvador (BA).

A história de Rosário Negro com a música começou aos 12 anos, em casa, quando ele cantou pela primeira vez uma música sertaneja. Então ele teve certeza de que a música faria parte da sua vida e que cantar era o que queria fazer daquele dia em diante.

Divulgação/Ana Paula Costa

Rosário tinha 14 anos quando a mãe morreu. Aos 16, foi para São Paulo com dois amigos, chegando a passar pela aeronáutica. Tempos depois, mesmo sem experiência, gravou o primeiro trabalho, com quatro músicas. Parou e foi trabalhar formalmente, mas não desistiu do sonho. Participou de festivais de colégios e clubes, alcançando sempre o primeiro e segundo lugares.

Conheceu talentos como Tomas Hot, Belchior e Zuza Homem de Melo cantando em eventos da prefeitura de São Paulo. Foi ao programa Perdidos na Noite, apresentado por Faustão, e cantou na noite paulistana. Mas foi após se converter, em 2007, que teve a inspiração de Deus para compor louvores.

Mesmo com a canção “Dedo de Deus” pronta há algum tempo, só em 2019 ele teve o “sim” de Deus para trabalhar este louvor. As músicas e letras “são presentes de Deus para a minha vida; o projeto ‘Dedo de Deus’ consta de 10 músicas, que já estão prontinhas e sendo trabalhadas”, conta Rosário.

“Que este louvor toque o seu coração e você perceba que é Deus quem fez, faz e fará todos e todas as coisas. A vontade d’Ele é boa, agradável e perfeita, mas para que ela se cumpra em sua vida, você precisa deixar que Ele a governe.

Ouça ‘Dedo de Deus’ e, como Abraão, prove seu amor e diga ‘sim’, como Moisés. E vai experimentar uma vida de milagres diários, a começar, pela intimidade com Ele. Permita-se ser abençoado por este Deus maravilhoso”, conclui Rosário Negro.

Assista ao videoclipe “Dedo de Deus”: https://www.youtube.com/watch?v=26JBt2Ek9lg
Ouça “Dedo de Deus” via streaming: https://tratore.com.br/smartlink/rosarionegro
Acompanhe Rosário Negro nas Redes Sociais!
Facebook: https://www.facebook.com/rosarionegroreggaeoficial
Instagram: https://www.instagram.com/rosarionegroreggae
YouTube: https://www.youtube.com/c/RosarioNegro
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Laise Cristina 12 de agosto, 2020 | 16:14
Glória a Deus ,música de qualidade!!!!
Lilian 12 de agosto, 2020 | 13:11
Benção demais! Música boa, com uma mensagem importante e num ritmo contagiante!!!Parabéns!!!

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO