Coronel Fabriciano oferece inclusão digital e social a idosos

Divulgação


Programa Viver visa assegurar aos idosos acima de 60 anos mais qualidade de vida por meio da inclusão digital e social

A Secretaria de Governança de Assistência Social de Coronel Fabriciano informa que lançou na cidade o Programa Viver, criado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. O objetivo é assegurar aos idosos acima de 60 anos mais qualidade de vida por meio da inclusão digital e social. O tema do Programa Viver é “Envelhecimento ativo e saudável” com foco em capacitações tecnológicas, palestras, debates, ações de saúde e atividades físicas.

No tópico “Tecnologia”, serão oferecidas capacitações e treinamentos para promover inclusão tecnológica e contribuir na vida diária, como acesso de forma segura às mídias sociais, aos caixas eletrônicos da rede bancária, totens de aeroportos, sistema eletrônico de catraca no transporte público dentre outros.

O tópico “Educação” foca na convivência familiar e comunitária, alfabetização, favorecendo os aspectos biológicos, psíquicos, cognitivos, físicos e sociais e educação financeira visando capacitar o idoso para gerir seus recursos e lidar com o excesso de ofertas de crédito das instituições financeiras.

A pauta “Saúde” ofertará palestras com metas a disseminar informações e conhecimentos e, ainda, debates e campanhas sobre nutrição, prevenção de doenças crônicas, dentre outras.

Já o tema “Mobilidade física” terá atividades físicas específicas para o cotidiano e lazer, e atividades recreativas visando envelhecer com bem-estar físico e psicossocial.

Em Coronel Fabriciano, devido à pandemia do novo coronavírus que impossibilita a abertura de novas turmas, o projeto ainda é piloto. Os primeiros beneficiados são idosos integrados ao Vivaidade. “As aulas já estão acontecendo e acreditamos que será um sucesso. No entanto preferimos aguardar o comportamento da pandemia para abrir inscrições para o programa. Temos plena certeza de que o Programa Viver trará muitos benefícios para a terceira idade”, afirma Letícia Godinho, secretária de Governança de Assistência Social.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO