Recitais eruditos e show de MPB

Conservatório UFMG exibe Jesiel Pinheiro, Amálgama Duo e Rayana Toledo com Doizáum Trio

O projeto do Conservatório UFMG Notas de Memória está disponibilizando no YouTube trechos de apresentações musicais do acervo do Centro de Memória do Espaço, e divulga esta semana atrações de música erudita e popular brasileira, com partes de shows de Jesiel Pinheiro, do Amálgama Duo e de Rayana Toledo com Doizáum Trio. O primeiro está on-line desde (10), e os outros dois estreiam na quarta (12) e sexta-feira (14).

O trecho disponibilizado na segunda-feira mostra um pouco do Recital de Saxofone com Jesiel Pinheiro, realizado em agosto de 2019 como parte da programação do 1º Encontro de Saxofonistas da UFMG.

Márcio Toledo/Divulgação


Rayana Toledo e Doizáum Trio se unem para fazer arte da melhor
No vídeo é possível conferir a apresentação do Estudo de Tango N. 4 (Astor Piazzolla), com a presença de Emiliano Barri também no saxofone. Jesiel Pinheiro é bacharel em saxofone pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, diplomado como Licence d`artiste interprète no conservatório regional de Rouen, na França. Foi professor e solista em várias salas de concerto do Brasil e países como Portugal, França e Argentina.

Composto pela pianista colombiana Susana Castro e a violinista brasileira Luiza Anastácio, o Amálgama Duo será visto a partir de quarta no recital Desvelando o Invisível, que teve como foco privilegiar compositoras e compositores invisíveis pela sua forma de existir.

Luiza Anastácio atuou como spalla e solista na Orquestra Jovem do Palácio das Artes, Orquestra de Câmara Opus e Orquestra Académica e de Cámara da Universidad Nacional de Lanús (Buenos Aires).

Susana Castro foi coordenadora e concertista do programa Conciertos didácticos, da Direção de Regionalização da Universidade de Antioquia, e agora é vinculada como doutoranda da Escola de Música da UFMG.

O último trecho será divulgado na sexta-feira e relembra o encontro de Rayana Toledo (cantora e compositora mineira com atuação no samba e na MPB) e Doizáum Trio (formado pelos instrumentistas mineiros Eduardo Castório, Saul Araújo e Wallace Gomes), que contou com a participação especial do premiado saxofonista e letrista brasileiro Chico Amaral.

O show trouxe ao público a riqueza poética e melódica das canções em consonância com a força da linguagem harmônica e rítmica da música instrumental. Os músicos apresentaram releituras de nomes consagrados da MPB e músicas próprias de ambos os projetos.

Siga o Conservatório nas redes sociais (Instagram e Facebook) e fique por dentro da sua programação.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO