Justiça autoriza saída de Michel Temer do Brasil

© Alan Santos/PR


O período da viagem será de 12 a 15 deste mês
(Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil)
A Justiça Federal autorizou a saída do país do ex-presidente da República Michel Temer. Ele foi nomeado pela Presidência da República para integrar uma missão humanitária ao Líbano, onde uma explosão, ocorrida na semana passada, deixou dezenas de mortos e feridos. O período da viagem será de 12 a 15 deste mês.

A informação foi confirmada por Eduardo Carnelós, advogado do ex-presidente. Filho de libaneses, Temer é réu em dois processos relacionados à Operação Descontaminação, por isso precisa de autorização judicial cada vez que tiver que sair do país.

A autorização foi concedida pelo juizo da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Luccimar 11 de agosto, 2020 | 16:24
Este é o nosso Brasil rsrsr.
Paulo Luiz Martins 11 de agosto, 2020 | 12:06
Autorizado, bem que poderia ir e por lá ficar, né?
Depois dar um pulinho à Síria e "passar em revista" às tropas de de cães estadunidenses.
Boa viagem e bom fim!
Jaime 11 de agosto, 2020 | 10:54
Este homem inves de estar preso vai participar do governo bosonario.o brasil da muita protecao a bandido.toma vergonha bosonario.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO