Ação policial desarticula invasão de área de preservação em Cava Grande

Divulgação


Área invadida fica nas imediações do Parque Estadual do Rio Doce, na área de amortecimento da unidade de conservação

Um grupo de pessoas decidiu invadir uma área de preservação permanente no distrito de Cava Grande e o delito acabou sendo alvo de uma operação policial que terminou com oito pessoas detidas.

A ocorrência foi registrada na tarde desse domingo, no distrito de Cava Grande, no município de Marliéria. Equipes das polícias, de Meio Ambiente e do 58º Batalhão da Polícia Militar foram acionadas por causa da invasão de uma área de preservação permanente na Zona de Amortecimento do Parque Estadual do Rio Doce, próximo ao campo de futebol do distrito de Cava grande.

Entre 15 e 20 pessoas iniciaram a demarcação de áreas com cercas de arame farpado e tapumes. O caso foi denunciado à 85ª Companhia da Polícia Militar, em Timóteo e confirmado por policiais do serviço reservado da PM.

Com isso, policiais de Meio Ambiente, com reforço de homens do 58º Batalhão foram mobilizadas para o local na tarde desse domingo. A área foi cercada e os policiais realizaram a prisão de oito indivíduos pela prática de crime de esbulho possessório (invasão) e conduzidos à sede da 85ª Cia PM em Timóteo.

Nas vistorias realizadas no local, as equipes do policiamento ambiental não constataram a existência de nenhum crime ou infração ambiental haja vista que a área invadida encontra-se fora dos limites do Parque Estadual do Rio Doce. Não houve dano algum à Unidade de Conservação.

Entretanto, a ocorrência policial cita a tentativa de cercar uma área de aproximadamente 0,07 hectar próximo ao campo de futebol de Cava Grande.

A pressão pela expansão urbana na área limítrofe ao Parque Estadual do Rio Doce, na região de Cava Grande tem sido motivo para constantes conflitos judiciais. Além desse episódio, de invasão de terreno, as contendas ocorrem porque a lei ambiental estabelece uma série de restrições para a ocupação do entorno da área de amortecimento da reserva ambiental.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO