Criança de 11 meses sai gravemente ferida em acidente na MG-329 em Caratinga

Enviada por leitor


Condutor disse que dormiu ao volante e perdeu o controle do Gol

Uma família que ia para Bom Jesus do Galho sofreu um grave acidente no fim da madrugada de domingo (9). O acidente aconteceu no KM 11 da MG-329, trecho na saída de Caratinga. Um VW Gol, com placas de Belo Horizonte, saiu da pista, desceu uma ribanceira e atingiu uma árvore de eucalipto, à margem da pista.

O motorista, Reinaldo Carlos Freitas, informou aos Bombeiros Militares que, por volta das 4h da madrugada desse domingo trafegava pela rodovia, quando cochilou ao volante e perdeu o controle do carro, saiu da pista e bateu na árvore.

No carro havia três pessoas de uma mesma família, que ia de Belo Horizonte para Bom Jesus do Galho. O motorista teve apenas um corte na parte posterior da cabeça. A esposa dele, gestante de cinco meses teve traumatismo craniano leve e ferimentos no rosto, mãos e pernas.

Uma bebê de 11 meses era transportada sem a cadeirinha, conforme prevê legislação, sofreu forte impacto e teve traumatismo craniano grave. Foi socorrida inconsciente e levada para o hospital em Caratinga.

As vítimas saíram por conta própria do veículo. A criança foi amparada pela mãe e se abrigaram em uma casa à margem da rodovia até a chegada da guarnição dos Bombeiros Militares.

Em Caratinga, a equipe médica informou que, pela gravidade do estado da criança ela deveria ser transferida para o Hospital João XXIII em Belo Horizonte, que é referência no atendimento de casos daquela natureza.

Nessa segunda-feira (10) uma aeronave do Corpo de Bombeiros Militar chegou a pousar no aeródromo de Caratinga, mas por causa das complicações do quadro de saúde da menina, a transferência não pode ser realizada.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO