TCEMG aprova prestação de contas de Timóteo

O município de Timóteo teve a sua prestação de contas, referente ao exercício de 2018, aprovada pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG), informou o governo local. No período, o município teve que retomar o pagamento das complementações salariais de aposentados e pensionistas por determinação judicial. Nesse mesmo ano, Timóteo enfrentou uma eleição suplementar tendo o prefeito Douglas Willkys assumido a prefeitura em 13 de julho.

O órgão técnico do TCE, em seu “Relatório de conclusão”, não apontou nenhuma irregularidade na prestação de contas. No parecer, foram destacados itens como a Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (MDE), cujo mínimo a ser investido é de 25% dos Impostos e Transferências, sendo que o município transferiu 27,59%. Quanto às ações e serviços públicos de Saúde, foram aplicados 22,03% em contraposição ao mínimo exigido que é da ordem de 15%. Nas despesas totais com pessoal, o município atendeu ao limite estabelecido por lei.

Na avaliação do prefeito Douglas Willkys, o parecer do TCEMG vai ao encontro da determinação da atual gestão em relação à austeridade e seriedade no tratamento dos recursos públicos e de dar total transparência às ações administrativas.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO