IFMG começa a retomar aulas nos campi da Região Metropolitana e do interior

Wôlmer Ezequiel


Sequência do calendário letivo 2020 será viabilizada com a adoção do Ensino Remoto Emergencial, que atinge cerca de 18 mil alunos

Com a decisão de adotar o Ensino Remoto Emergencial (ERE), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG) informa que está retomando gradualmente as aulas e atividades acadêmicas que estavam suspensas desde 18 de março. Durante o mês de agosto, dez campi recomeçam o calendário letivo 2020. Outros dois iniciaram as aulas já na última semana de julho. Para minimizar prejuízos e manter as medidas sanitárias de combate à pandemia da covid-19, os professores receberam treinamento e irão adotar ferramentas digitais no reinício das atividades.

Cerca de 18 mil alunos serão envolvidos nesse retorno e mais de mil docentes. As aulas recomeçam nos campi do IFMG localizados nas cidades de Arcos, Bambuí, Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Formiga, Ibirité, Ipatinga, Itabirito, Piumhi, Ribeirão das Neves, Santa Luzia e São João Evangelista. Os campi em Ouro Branco, Ouro Preto e Sabará ainda estão definindo a data de retomada das aulas. Já as unidades de Betim, Governador Valadares e Ponte Nova adotaram o ensino remoto há mais tempo e seguem com o calendário letivo.

A adesão ao Ensino Remoto Emergencial ocorre por meio de deliberação do Conselho Acadêmico de cada campi do IFMG. Por isso, não há um calendário único para todas as 18 unidades. O ERE foi regulamentado a partir da Instrução Normativa 05/2020, publicada em 18 de junho, que estabeleceu suas diretrizes. A data de retomada das aulas em cada campus pode ser acessada no site www.ifmg.edu.br.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO