Atlético só precisa de um empate para chegar à final do Mineiro

Bruno Cantini


Vitória sobre o América no domingo deixou o Galo em situação mais confortável no meio de semana

Com gols do volante Jair e do meia polivalente Nathan, o Atlético venceu o América por 2 a 1 na tarde deste domingo (2), no Mineirão. O gol do Coelho foi marcado por Ademir. Com isso, o Galo tirou a vantagem do adversário, que por ter se classificado em segundo lugar na primeira fase do Campeonato Mineiro, poderia empatar os dois jogos das semifinais para chegar à decisão. Agora, um empate leva o Galo para a grande final; enquanto uma vitória simples ainda garante o Coelho na briga pelo título.

A partida de volta da semifinal será nesta quarta-feira (5), às 21h30, no Independência.

Em entrevista coletiva no fim do jogo, o técnico Jorge Sampaoli disse que o Galo poderia ter vencido por um placar maior. “A evolução do time se relaciona do que estamos propondo. Essa evolução nos proporcionou controlar uma equipe que vinha bem, invicta. Hoje geramos muita diferença em relação ao desenvolvimento do jogo. A partida poderia ter terminado com uma diferença maior porque o rival teve somente o gol e uma jogada a mais. Nós tivemos mais aproximações e muito mais chances. Temos que seguir, sabendo que nesse tipo de partida faz a diferença o placar”, analisou.

Caldense x Tombense

Quem sair vitorioso do embate Atlético x América vai enfrentar Caldense ou Tombense na final. A outra partida do mata-mata, realizada no Independência, também no domingo, terminou com vitória do time de Tombos por 1 a 0. Gol do lateral-esquerdo João Paulo. A partida de volta será às 16h desta quarta-feira, também no Independência.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO