Semifinal equilibrada

Aurélio Caixeta

Divulgação


Aurélio Caixeta
Vêm aí muitas emoções esportivas e dois clássicos, o da capital, América x Atlético, e o do interior, Tombense e Caldense. Os jogos serão de ida e volta, e os vencedores vão disputar a final do Campeonato Mineiro 2020. Sendo assim, a disputa pelo título será entre um time do interior contra um da capital, coisa que não acontecia há cinco anos.

O último clube do interior que encarou um grande da capital e chegou à final do campeonato nos últimos anos foi a Caldense, em 2015, perdendo uma final com direito a gol polêmico, para o Atlético. Antes disso, o Ipatinga, hoje no ostracismo do Módulo B, foi vice-campeão em 2010, perdendo para o mesmo Galo. Antes disso, em 2005 o Tigrão de Aço foi campeão e vice em 2006.

OS CONFRONTOS
No clássico do interior, o Tombense, time de melhor campanha na fase classificatória, leva vantagem sobre a Caldense, conforme o regulamento. Mas será uma disputa interessante do 1º contra o 4º colocado, em duas partidas. Acho que o time da Zona da Mata tem tudo para chegar à final e, se por acaso for campeão, vai levar para casa dois troféus, os de campeão geral e também do interior.

No clássico da capital, quem entra na semifinal com vantagem é o América, que se classificou invicto no segundo lugar. E o técnico Lisca foi ousado mais uma vez. Ele usou o jogo contra a URT nesta última rodada (vitória de 3 a 0, em Patos de Minas) como treinamento, poupando titulares e lançando muitos jovens da base para dar cancha de jogo aos mesmos. Já o Atlético está chegando perto do que o técnico Jorge Sampaoli quer e vem muito forte para essa disputa, botando fogo de vez na reta final do Campeonato Mineiro.

COPA INCONFIDÊNCIA
Considerada por alguns como sendo um prêmio de consolação, acho uma boa ideia essa competição proposta pela FMF, que será disputada em jogo único tanto na semifinal quanto na final. Inicialmente, teremos Cruzeiro x Patrocinense e Uberlândia x Boa Esporte. Os vencedores fazem a final e o campeão poderá ter direito a uma vaga na Copa do Brasil em 2021.

UMAS E OUTRAS...
- No frigir dos ovos, o Coimbra, ao vencer o Villa Nova por 2 a 1, em Nova Lima, acabou se salvando da degola na última rodada, realizada na quarta-feira. Enquanto isso, o Leão do Bonfim irá fazer companhia ao Tupynambás, de Juiz de Fora, como os dois rebaixados ao Módulo II. Pelo menos por enquanto, já que ainda não sabemos se esta Divisão de Acesso irá terminar, o que poderá, portanto, “abortar” o rebaixamento este ano. Pelo menos, é isso que Villa Nova e Tupynambás estão tentando na esfera da justiça desportiva.

- A torcida do Cruzeiro está sofrendo de novo. O próprio técnico celeste, Enderson Moreira, reconhece que o time ainda não está pronto. A pergunta é: vai ficar pronto quando?

- Em meio à grande expectativa que se criou em torno dos confrontos da semifinal do Campeonato Mineiro, quem irá transmitir os jogos da Copa Inconfidência? Se eles fossem disputados aqui no Ipatingão, poderia ser a equipe do Bola na Área do Fabricio Pereira? Seria uma possibilidade.

- Uma cidade tão pequena com um time tão grande. A cidade de Tombos, com pouco mais de oito mil habitantes, comemora o feito inédito de seu time, o Tombense, dirigido pelo técnico Eugênio Souza. O time se manteve na ponta da tabela e poderá chegar à decisão do título estadual. E não é para menos. Nós, aqui de Ipatinga, já vivemos essa emoção. E dizem as más línguas que os cruzeirenses vão reforçar a torcida do Tombense.

- Por falar em Ipatinga, o presidente Nicanor Pires informou que testou positivo para a covid-19, mas está se tratando em casa e se recuperando bem. Ele avisa que logo estará de volta.

Contatos com a coluna: e-mail - caixeta.aurelio@gmail.com.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO