Ipatinga promove desinfecção de áreas públicas

Divulgação


Focos principais são áreas de maior concentração de moradores em situação de rua

Num trabalho conjunto de servidores de diversas secretarias municipais, a administração de Ipatinga iniciou, às 7h da manhã desta quinta-feira (30), a higienização e desinfecção de áreas públicas na região central da cidade – como a praça Caratinga e a rua Belo Horizonte – e no bairro Bom Retiro. A ação conta com o apoio da Polícia Militar, tendo como foco principal pontos com concentração de moradores em situação de rua.

A pulverização dos locais parte de uma recomendação da Vigilância Sanitária do município, que detectou condições de insalubridade e risco tanto para os moradores quanto para toda a sociedade. Em paralelo com a aplicação de quaternário de amônia, os agentes realizam a limpeza das áreas, com o recolhimento de entulhos acumulados, detalha o governo, adiantando que essas ações terão continuidade durante toda a semana.

Moradores em situação de rua

Neste período de pandemia, em especial, devem ser evitadas as aglomerações. Desta forma, servidores da Secretaria de Assistência Social orientam os moradores em situação de rua sobre o ponto de acolhimento disponível para pernoite. O Albergue Municipal conta atualmente com 50 vagas, e lá são oferecidas alimentação e condições de higiene e humanização. Apesar desta estrutura montada para acolher esse segmento da população, durante todo ano de 2020, até o momento, o local não atingiu lotação máxima um dia sequer, registrou a Secretaria.

Conforme levantamentos, hoje Ipatinga tem uma população de mais de 300 moradores em situação de rua. Esse número cresceu nos últimos meses, em decorrência da pandemia. Antes, o total era de cerca de 180. Entre os fatores determinantes para essa multiplicação está o fato de o Ceresp ter se tornado exclusivamente um centro de remanejamento de presos em flagrante delito. Após o recebimento de alvará de soltura, muitos dos ex-detentos acabam não retornando para a cidade de origem, passando a viver nas ruas. A administração do município informa que já notificou o Estado para que possa tomar medidas para resolução do problema.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO