Usuário de drogas agride a mãe e a irmã a marteladas, em Timóteo

Agressor queria dinheiro para comprar entorpecente e surtou ao ter negado o pedido

Google


Um usuário de drogas, ao ter negado um pedido de dinheiro, surtou e agrediu violentamente a própria mãe na rua Gameleira, no bairro Recanto Verde, em Timóteo. Além da idosa de 62 anos, D.C.R., de 35 anos, também feriu a golpes de martelo a própria irmã, D.C.M.R., de 39 anos. Ele foi preso pela Polícia Militar no fim da manhã de domingo (26).

N.C.R. relatou que o filho pediu dinheiro para comprar drogas, mas ela não atendeu ao pedido de D.C., que não gostou. Ele se armou com um martelo e desferiu vários golpes na cabeça da idosa. A filha dela, irmã do agressor, saiu para defender a mãe e também acabou ferida no rosto com uma martelada.

O agressor se refugiou no quarto, enquanto as duas mulheres feridas saíram para a rua em busca de socorro. Os policiais militares, acionados, exigiram que D.C. abrisse a porta, mas ele não atendeu. Um dos militares, pela janela, viu o homem armado com um formão e a porta escorada com um pedaço de madeira.

Após uma intensa negociação, D.C. desistiu de tentar resistir a prisão e abriu a porta se entregando aos PMs. Ele foi preso e, com ele, apreendido o formão que segurava. Um canivete foi localizado em um dos bolsos do homem. O martelo utilizado na agressão da mãe e da irmã também foi recolhido pelos policiais militares e o preso apresentado ao plantão da 1ª Delegacia Regional de Ipatinga.

As vítimas feridas por D.C. foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros e encaminhadas ao Hospital Vital Brazil. A idosa sofreu lesão no lado direito da cabeça que provocou um edema. Ela foi medicada e ficou internada. A filha recebeu cuidados médicos no corte na testa provocado pela martelada.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Anônimo 28 de julho, 2020 | 11:16
E ainda há quem defenda a liberação destas merdas de drogas, que só causam estragos.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO