Romeu Zema entrega respiradores em Coronel Fabriciano

Equipamentos vão possibilitar abertura de novos leitos de UTI, aumentando capacidade de atendimento às vítimas da covid-19 na região

Gil Leonardi/Imprensa MG


Romeu Zema e Carlos Eduardo, durante solenidade em coronel Fabriciano, nessa sexta-feira

O governador Romeu Zema entregou, nesta sexta-feira (24), em Coronel Fabriciano dez respiradores para equipar o Hospital Dr. José Maria Morais. Os aparelhos vão possibilitar a abertura de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para ampliar a capacidade de atendimento a pacientes da covid-19 no município e região.

Ao todo, o Governo de Minas j√° destinou a Coronel Fabriciano 19 respiradores e sete monitores multipar√Ęmetros para auxiliar no enfrentamento ao coronav√≠rus na cidade. Em todo o estado, foram adquiridos 1.047 respiradores que est√£o sendo repassados aos munic√≠pios.

Garantia de assistência

A solenidade foi realizada no Auditório Centro Administrativo Mariano Pires Pontes ( antiga Fundação), no bairro Bom Jesus

Durante a entrega nesta sexta-feira, o governador lamentou os √≥bitos causados pela pandemia e refor√ßou o esfor√ßo da gest√£o para ampliar o n√ļmero de leitos e garantir assist√™ncia para todos os mineiros.

"Estou aqui por um motivo triste, devido a uma pandemia. Mas a inaugura√ß√£o desses leitos √© fruto do nosso trabalho para reduzir os impactos da doen√ßa. Apenas nessa regional de Sa√ļde n√≥s j√° conseguimos ampliar mais de 150 UTIs. No estado todo, desde o in√≠cio da pandemia, n√≥s criamos mais de 1.500 leitos de UTIs. Boa parte deles ser√° incorporada definitivamente e aquelas regi√Ķes que tinham um certo d√©ficit assistencial v√£o passar a contar com um n√ļmero maior, mesmo quando tudo isso passar", afirmou.

O governador também comentou que é fundamental a ajuda da população para que o estado alcance o declínio da curva de casos e óbitos o quanto antes.

"Minas vem fazendo um excelente trabalho, mas precisamos lembrar que estamos lidando com algo imprevis√≠vel. Tivemos em alguns lugares do mundo uma segunda onda e n√£o estamos dando a batalha por finalizada. A guerra ainda pode ser muito longa. Em alguns momentos, temos que tomar medidas que desagradam boa parte da popula√ß√£o, mas √© sempre pensando na sa√ļde dos mineiros. Estou otimista e agrade√ßo o empenho de todos. Todos n√≥s temos que nos esfor√ßar em um momento como este", disse.

Minas Consciente

O secret√°rio de Estado de Sa√ļde, Carlos Eduardo, lembrou que os protocolos do plano Minas Consciente, criado pelo Governo de Minas para garantir a retomada respons√°vel da economia, est√£o sendo revistos para atender melhor √†s necessidades das cidades.

"Estamos em franca revis√£o do plano. √Č importante lembrar que foi o primeiro programa do Brasil com essa vis√£o de um isolamento coordenado. Hoje, com mais de 12 semanas de implementa√ß√£o, passamos por um momento de aprendizagem, de ver as dificuldades e os acertos. Entendemos que acertamos muito. Mas se, de fato, o pior estiver passando, se a epidemia come√ßar a cair um pouco, h√° a necessidade de come√ßarmos a caminhar em uma velocidade que seja adequada a esse novo momento", afirmou.

Tamb√©m participaram do evento o prefeito de Coronel Fabriciano, Marcos Vin√≠cius da Silva; a secret√°ria municipal de Sa√ļde e diretora do Hospital, K√°tia Barbalho Diniz Costa; o presidente da C√Ęmara de Coronel Fabriciano, Adriano Martins; e o superintendente regional de Sa√ļde de Coronel Fabriciano, Ernany de Oliveira Junior.

Investimentos

Em quatro meses de pandemia, o Estado de Minas Gerais j√° repassou pouco mais de R$ 1 bilh√£o para estruturar a assist√™ncia de Sa√ļde nos munic√≠pios mineiros.

Equipar a rede p√ļblica √© a prioridade do governo, tanto como estrat√©gia para enfrentamento da doen√ßa no estado quanto como a√ß√£o de responsabilidade fiscal.

O montante investido é referente a compras de equipamentos, insumos e aparelhos fundamentais para uma melhor condição de atendimento. Veja mais, no vídeo abaixo:


Governador de Minas entrega respiradores em Coronel Fabriciano


Mais:
Timóteo vai inaugurar mais dez leitos de UTI para pacientes com covid-19
N√ļmeros oficiais do novo coronav√≠rus (covid-19) no Vale do A√ßo

√ānimo

O prefeito de Coronel Fabriciano, Marcos Vin√≠cius (PSDB), disse ser uma alegria receber o governador e que sua visita, assim como os respiradores, trazem uma inje√ß√£o de √Ęnimo.

“Vejo como a possibilidade de a gente estender mais leitos, e que n√£o servem somente para a nossa cidade, mas para a micro de Coronel Fabriciano. Lembrando que o hospital Jos√© Maria Morais √© do estado, o munic√≠pio faz a gest√£o, √© 100% SUS e que tem n√ļmeros que demonstram que o Sistema √önico de sa√ļde funciona muito bem. Minas Gerais tem a menor taxa de letalidade do Brasil. Se compararmos o pa√≠s com pa√≠ses do mundo, temos a Fran√ßa com 18% de letalidade, It√°lia com 12% e eu acho que as pol√≠ticas p√ļblicas adotadas pelo senhor foram as corretas nesses quatro meses, o senhor precisava achatar a curva para que o sistema de sa√ļde se preparasse e o senhor est√° de parab√©ns, porque vimos sistema p√ļblicos colapsar e Minas Gerais n√£o. Conseguimos dar vaz√£o, com muita dificuldade, com muito trabalho”, opinou.

Para o prefeito, Zema teve mais um desafio, que foi o estado em que assumiu o governo. “O senhor chegou com um v√≠rus pior que o coronav√≠rus, chegou com o v√≠rus Pimentel, que tinha arrasado o Estado de Minas Gerais. Ent√£o, tem feito um belo trabalho, principalmente na sa√ļde, que estava em colapso. Devagar a secretaria foi ajeitando e gra√ßas a Deus o Pro-Hosp, do ano de 2020, est√° em dia para todos os hospitais. O senhor est√° fazendo o que n√≥s como gestores temos que fazer, preparar o sistema de sa√ļde, porque esse era o objetivo do isolamento, para que se as pessoas vierem a adoecer, tivessem como ser atendidos e o senhor conseguiu, est√° de parab√©ns”, enfatizou.

Ainda conforme o prefeito, que tamb√©m √© vice-presidente da Associa√ß√£o Mineira dos Munic√≠pios (AMM), haver√° a ades√£o de todos os munic√≠pios ao Minas Consciente, para somar for√ßas. “√Č uma posi√ß√£o da AMM, n√£o podemos descuidar. A doen√ßa veio para ficar e quando o senhor disse l√° atr√°s e foi mal interpretado, de que o v√≠rus tinha que viajar, que andar de √īnibus, estava correto. Vamos ter sim surtos da doen√ßa, e mesmo com a vacina – que j√° est√° a√≠, a Pfizer disse que em novembro come√ßa a distribuir -, mesmo com as pessoas vacinadas, n√£o quer dizer que n√£o v√£o adoecer ou que estar√£o curadas. A doen√ßa veio para ficar e o senhor fez a coisa correta, que foi preparar o sistema de sa√ļde, est√° de parab√©ns e muito obrigado”, agradeceu.

Taxa de contaminação na região



Questionado sobre a taxa de contamina√ß√£o no Vale do A√ßo e se ainda preocupa o governo do estado, o secret√°rio de Sa√ļde, Carlos Eduardo Amaral, pontuou que Minas Gerais tem “v√°rias Minas” e que n√£o √© poss√≠vel falar de uma forma √ļnica do estado, naturalmente, aonde a epidemia chegou primeiro.

“Vemos um comportamento mais √† frente do que algumas. Temos quatro regi√Ķes em que tivemos a chegada de epidemia primeiro: o Vale do A√ßo foi uma delas, a Centro, Sudeste e Tri√Ęngulo, e elas ficaram um pouco √† frente. O
Vale do A√ßo teve um momento em que houve uma incid√™ncia maior de casos, talvez um estresse um pouco maior de ocupa√ß√£o. Nesse momento vemos nitidamente que caiu e √© fundamental que entendamos que isso pode ser uma oscila√ß√£o dentro da epidemia. Ningu√©m consegue ver o futuro, mas a nossa ideia √© trabalhar com um certo conforto de leitos, porque acabar com a transmiss√£o do v√≠rus, somente com vacina ou se todo mundo tiver a imunidade de rebanho. Tudo leva a crer que aqui vai seguir esse caminho, mas √© um pouco cedo. Precisamos de pelo menos mais umas duas semanas, para a√≠, ent√£o, ter uma no√ß√£o dessas regi√Ķes que come√ßaram primeiro”, salienta.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Coment√°rios

Alexsandro 25 de julho, 2020 | 07:21
Parab√©ns a est√° dupla que est√£o de m√£os dadas para melhora da sa√ļde desta cidade e regi√£o. Os n√ļmeros demonstram a efic√°cia do trabalho em Minas Gerais.
Jos√© Ant√īnio da Silveira Drumond 24 de julho, 2020 | 19:32
Minas está de parabéns pelo Governador Romeu Zema e pelo Prefeito Marcos Vinicius, homens até agora comprovadamente sérios e íntegros, que estão a merecer o nosso apoio. Em especial o Prefeito Marcos Vinicius que recebeu nossa Cel. Fabriciano em frangalhos de uma administração anterior totalmente incompetente.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENT√ĀRIO