Quatro jovens detidos por tráfico no Aparecida do Norte, em Fabriciano

Entre os conduzidos está um adolescente que já havia sido apreendido por tráfico de drogas ilícitas em outras situações

Divulgação Polícia Militar


A droga apreendida estava em um lote utilizado para a guarda do entorpecente

Dois adolescentes de 17 anos, um de 15 e um jovem de 18 anos foram detidos por tráfico de drogas no início da noite de terça-feira (14) na rua Pirapora, bairro Aparecida do Norte, em Coronel Fabriciano. Segundo a polícia, o grupo usava um lote para esconder o entorpecente que comercializava. O ponto foi localizado depois de denúncias anônimas apontarem a existência do comércio de entorpecentes no local.

As equipes da Polícia Militar realizavam uma operação no bairro Caladinho de Baixo e nos outros bairros próximos, quando foram informadas que um grupo traficava na rua Belo Horizonte, próximo a uma oficina de bicicletas. A denúncia indicou que os suspeitos iam até a um lote vago para pegar a droga a ser vendida, local usado como esconderijo do entorpecente.

Os quatro suspeitos foram abordados pelos policiais sob o comando do tenente Rodrigo. Em poder do jovem de 18 anos foi encontrada a quantia de R$ 39 e, com um adolescente de 17 anos, cerca de R$ 110 foram apreendidos.

Com o apoio da equipe da Rondas Ostensivas com Cães Adestrados (Rocca), os policias utilizaram um cão farejador para verificar o tal terreno usado pelo grupo, no fim da rua Pirapora, no bairro Aparecida do Norte. Um saco preto foi desenterrado e, nele, havia 105 buchas de maconha. Em uma caixa dos Correios estava uma balança de precisão. No mesmo lote foram encontrados dois pinos usados para acondicionar cocaína.

Um dos adolescentes assumiu o tráfico e disse que “o perdido” desta vez é mixaria, pois ao todo já deve R$ 21 mil ao seu fornecedor. Os quatro detidos foram apresentados ao plantão da Delegacia Regional de Ipatinga com o material apreendido na operação policial.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Lucas Martins 16 de julho, 2020 | 18:24
Sou morador do bairro, esses menores colocam terror aqui. São presos diretos, levados de dia e soltos a noite continuando aprontando no bairro....infelizmente nada muda
Jampruca 15 de julho, 2020 | 15:09
so os vagabundos mirim. mete o pau e manda entregar o fornecedor deles.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO